ARQUEOLOGIA: Antiga estátua acredita-se ser do faraó Ramsés II Descoberto no Cairo Slum

Reprodução
Por Kate Samuelson

Uma gigantesca estátua de oito metros representada pelo faraó Ramsés II , que governou o Egito de 1279 a 1213 aC, foi descoberta submersa em águas subterrâneas em uma favela no Cairo.

Arqueólogos do Egito e da Alemanha encontraram a estátua de quartzito na área operária de Matariya, entre edifícios inacabados e estradas de lama, segundo relatórios da Reuters. A localização é perto onde a antiga cidade de Heliópolis foi. Segundo os arqueólogos, o templo do sol da cidade antiga foi fundado por Ramsés II, o que sugere ainda que a estátua recém-descoberta é do Faraó.

Uma parte de 80 centímetros de comprimento da estátua de pedra calcária do faraó Seti II, neto de Ramsés II, também foi descoberto. Especialistas agora tentarão extrair as partes restantes de ambas as estátuas antes de restaurá-las, relata a Reuters.

Se os arqueólogos tiverem êxito e as autenticidades das estátuas forem comprovadas, serão transferidos para a entrada do Grande Museu Egípcio, que será inaugurado em 2018.
Do Times

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Professor Bruno Coriolano concede entrevista ao Blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento