Pular para o conteúdo principal

Prefeitura concede reajuste salarial e implantação do piso aos agentes de saúde e endemias de Apodi

Foto: Assessoria
Por Josemário Alves

O prefeito Alan Silveira (PMDB) autorizou o reajuste salarial e a implantação do piso dos agentes comunitários de saúde e de endemias do município de Apodi. O anúncio foi feito durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (10) com a categoria, no auditório do salão paroquial.

O reajuste era uma reivindicação antiga e representa a valorização do trabalho dos servidores municipais. A implantação do piso seguirá para a Câmara Municipal, onde será apreciada pelos vereadores e votada em plenário.

Essa reunião foi prioridade da gente. Nós, hoje, podemos dizer que temos algo para levar para a população como agente de saúde. O que a gente estava reivindicando nas greves passadas, era apenas um direito nosso”, afirmou Maria do Socorro, agente de saúde há 17 anos.

De acordo com o prefeito, os agentes de saúde e endemias tem grande importância para o município, uma vez que lidam diretamente com a população. Portanto, o reajuste era mais do que necessário.

Vocês são o primeiro contato com a população, andam casa a casa e conhecem a problemática da saúde. Nada mais justo do que o município incentivar a classe para que façam um trabalho motivada”, destacou Alan Silveira.

Ainda durante a reunião, o secretário de Saúde Sabino Neto, ressaltou a importância da união e do diálogo e afirmou que estava pronto para fazer o que é certo.

Tudo que estiver dentro da lei, que a gente puder fazer, a gente vai fazer”, acrescentou Sabino.

Em média, o reajuste é de cerca de 27% sobre o salário-base dos agentes, podendo variar de acordo com o nível de cada um. Ao todo, são 79 agentes de saúde e 21 de endemias.
Assessoria de Comunicação Integrada

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio