OPINIÃO: Somente palavras ao vento

Imagem reprodução.
Tudo não passa somente de palavra ao vento. Um ditado popular comum em nosso cotidiano. É aquele caso: “Cão que late não morde”. O caso é que, em certas situações, cão que late precisa morder também – no bom sentido da expressão – obviamente.

Por exemplo, vamos nos reportar ao ‘meio parlamentar (câmaras municipais, estaduais e federais)’ do nosso país. É raro, mas ainda pode se ouvir o discurso no que diz respeito a trabalhar a “fiscalização preventiva” sobre os poderes executivos.

Só que vemos as coisas erradas pelos lados do executivo continuar acontecendo dia após dia, nas ventas de todo mundo, para todo mundo ver e nada de concreto com relação a tal “fiscalização preventiva”, é feito.

Ora, se tudo ficar apenas no discurso e nada de concreto se ver sair do papel, os gestores se acharão no direito de continuar errando por que querem mesmo. Concluem que tudo estará igual à antes.

O que prevalece é “Cão que late não morde”. "Ah! Não tem perigo, tudo não passa de discurso de marketing midiático". Bom, que o discurso não seja somente palavras ao vento e que se possa ver algo de concreto acontecer. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Professor Bruno Coriolano concede entrevista ao Blog

Repórter Wilson Oliveira me passou informações preocupantes sobre situação da maternidade Claudina Pinto

Vereador Gilvan Alves doa um mês de salário e, consegue revitalizar Caixa D'água de comunidade do Góis

Nota de esclarecimento