O STF solta o ex-goleiro Bruno

Reprodução.
Liminar deferida na última terça-feira (21), pelo Supremo Tribunal de Federal (STF), determinou a soltura do goleiro Bruno Fernandes.

A decisão é relacionada a um habeas corpus no processo de condenação pela morte de Eliza Samúdio, ex-namoradora do jogador, conforme o tribunal.

Segundo a assessoria do STF, o ministro Marco Aurélio Mello entendeu que Bruno tem direito a responder em liberdade enquanto aguarda o resultado dos recursos à condenação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os maiores açudes do Nordeste

REINO ANIMAL: Insetos que sofrem metamorfose

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

VOLTA ÀS AULAS: Escola Sebastião Gurgel fará aula inaugural nesta sexta, 23

OPERAÇÃO MANUS: MPF questiona quantidade de testemunhas apontadas por Eduardo Cunha