Pular para o conteúdo principal

Gilvan Alves cobra Convênio com a Maternidade e explica a questão do limite prudencial

Reprodução ApoDiario
Por Jânio Duarte

Durante a sessão de hoje, 02, na Câmara Municipal de Apodi, o Vereador Gilvan Alves abordou dos assuntos de interesse público, que foram a problemática envolvendo o repasse do convênio com a Maternidade Claudina Pinto e a questão do limite prudencial.

Nos reunimos com o prefeito, a vice prefeita logo na sequência quando assumiu e em nenhum momento o prefeito Alan Silveira levantou essa questão, disse que tinha que mandar o projeto de lei pra autorizar. Na reunião passada aprovamos dois projetos de leis em regime de urgência, e se tivesse enviado o terceiro tínhamos aprovado. Por que, só mandaram agora no final do mês de janeiro, depois de uma pressão que o convênio não tava legal. Bem! Legal ou não foi repassado ate 31 dezembro. Temos que resolver o problema de janeiro, se não ta legal que mande a lei que agente a prova. Tem que haver fiscalização centavo por centavo, do dinheiro que vai ser repassado para a Maternidade Claudina Pinto e se não for correto não repasse. A média de partos que a Maternidade realiza são de 50/60 por mês, aí fiz umas contas básicas e chegamos a conclusão que um parto custa em média 1.500,00 reais. Eu mínimo que posso fazer para que ela continua aberta”, disse Alves.

Outra questão levantada pelo Vereador foram as questões relativas ao relatório de gestão fiscal publicado no diário oficial dessa semana. “A receita do município de Apodi em 2016 chegou a cifra de 54.778,47,10, isso foi o recurso do município em 2016, com pessoal foi gasto 28.375,839,95, ou seja, 51,8% foi gasto com o pessoal. Parabenizei o prefeito pela publicação do decreto 01 de chamar todos os servidores para o trabalho, e com certeza irei aplaudir, aqui nesta tribuna quando ele trouxer os dados, quando esses servidores estiverem efetivamente estiverem prestando um serviço publico de qualidade. Nós já estamos no limite prudencial, já ascendeu a luz amarela e se ascender a luz vermelha ultrapassamos esse limite com gastos com pessoal”, acrescentou o vereador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio