Em nota ex-secretário diz que informações são equivocadas sobre a situação da saúde do Município

Em nota, Ex-secretario diz que informações são equivocadas sobre a situação da saúde do Município nas matérias: (CLIQUE AQUI ou AQUI).

Leia nota seguida de documentação abaixo:

O atual secretário de saúde Sabino traz informações equivocadas sobre a situação de saúde do nosso município. Sugiro que se apropriem melhor dos fatos, dos próprios sistemas de saúde que disponibilizam informações verídicas sobre os serviços de saúde de Apodi, pois os dados informados pelo Ministério da Saúde não correspondem a esses dados informados pelo secretário Sabino.

Ocorreu que após visita fiscalizatória nas Unidades Básicas de Saúde do nosso município, mais especificamente em 03 (três) Unidades de Saúde, nas Unidades de Saúde do CAIC, São Sebastião e Centro de Saúde. Foram identificadas algumas questões como: médicos que não estavam dando às 40 horas, algumas salas sem identificação com placas (exemplo sala de vacina, atendimento médicos), armazenamento inadequado do lixo da unidade por problemas estruturais, como por exemplo, na Unidade de Saúde do CAIC, no qual foi preciso fazer a mudança da Unidade de Saúde, das repartições da escola do CAIC para uma residência nas proximidades, com a finalidade de adequar as exigências realizadas pelos técnicos do Ministério da Saúde, entre outros problemas.

No entanto, ainda sob nossa gestão, procuramos adequar todas as exigências do Ministério da Saúde, e depois de realizar as correções, construímos um Relatório Final com anexos de documentos comprobatórios, e solicitamos uma nova visita da Equipe Técnica, através do Ofício n° 108 de 2015, datado de 17 de novembro de 2015; para que vislumbrasse in loco, todas as correções e adequações que realizamos, e desta forma fosse regularizado novamente os repasses, isso no mês de setembro, no qual é possível visualizar na tabela abaixo que no mês de outubro (que é informado em setembro) encontra-se regularizado, com as 09 (nove) equipes.
Reprodução. Clique para ampliar
Estranho é o fato de que no mês de novembro (que é informado em outubro – tempo de campanha política) o site do Ministério da Saúde esteja indicando a redução das 09 para apenas 02 (duas) equipes. Dizemos que é estranho porque até o mês de dezembro tivemos todas das Unidades de Saúde com as equipes atuando, ininterruptamente, portanto não tem motivos para essa redução. E, por esse motivo solicitamos informações do digitador responsável por enviar as produções das equipes (digitador efetivo do município) o que de fato ocorreu com essas produções durante o período eleitoral.

Não pretendemos tirar conclusões precipitadas, mas o município, mais especificamente a secretaria de saúde, foi vítima no ano de 2013 de boicotes em sistemas de informação de saúde, que causaram prejuízos graves.

Eu enquanto secretário de saúde desse município, sempre tive compromisso de manter e ampliar os serviços de saúde, isso é explícito, a população pode assistir os postos de saúde funcionando em sua plenitude. Através das iniciativas da nossa Gestão, com muito compromisso, dedicação e atuação de profissionais competentes, conseguimos elevar os repasses do Governo Federal para nosso município, principalmente no setor da saúde, por isso foi possível vencer essa crise financeira que assola vários municípios do estado, inclusive municípios vizinhos.

Os números obtidos através do levantamento que fizemos, podem comprovar os fatos. As informações são de livre acesso no site do Departamento da Atenção Básica:
Reprodução. Clique para ampliar
Reprodução. Clique para ampliar


Do período de 2013 – 2016 houve um aumento dos recursos de mais de 53% em relação a 2009-2012, digo repassados fundo a fundo. De 2009 – 2012 foram R$ 15.289.039,80 (quinze milhões, duzentos e oitenta e nove mil, trinta e nove reais e oitenta centavos); em 2013 – 2016 foram R$ 28.747.193,60 (vinte e oito milhões, setecentos e quarenta e sete mil, cento e noventa e três reais e sessenta centavos). Essas informações são de acesso livre no site do Fundo de Saúde.

O que isso quer dizer? Quer dizer que conseguimos muito mais recursos porque trabalhamos muito mais para isso, porque colocamos muito mais serviços para funcionar, fizemos projetos, adesões a programas, convênios; foram várias as formas de captar recursos para a nossa saúde.

Nenhum município da região conseguiu repassar uma secretaria de saúde com o equilíbrio financeiro no qual passamos. Contas pagas e dinheiro em caixa. Postos de Saúde construídos, funcionando com equipamentos novos e modernos. Profissionais de saúde (médico, dentista, enfermeiro) atuando até o dia 31 de dezembro em todas as Unidades de Saúde. Nove transportes garantidos para a assistência nos postos de saúde, gerando uma economia mensal de mais de quinze mil reais.

Tudo o que foi falado acima só aponta uma coisa, trabalhamos muito, tivemos zelo pelos recursos e conquistamos muita coisa para a saúde de Apodi.

Atenciosamente,
Pedro Júnior
Ex-secretário de saúde de Apodi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Secretaria de assistência social do município do Apodi afirmou que despesas do CRAS impedem festa das crianças

Relator do TCU dar parecer favorável para que os ex-gestores do Apodi sejam condenados a devolver recursos ao erário público

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?