QUESTÃO UNIVERSITÁRIA EM APODI: Pau que deu em Chico, Deu em Francisco?

Não sei se você vai ter saco de ler toda essa minha história, pelos menos clicar em cada link.  Possivelmente NÃOEssas história não é fácil de contar, por isso ela é um pouco grande. Mas necessária. Brasileiro detesta ler. Será por isso que sempre entende as coisas pela metade? Ou as vezes nem procura entender... Mesmo assim vou escrever.

Estamos no ano de 2013. Gestão passada, Flaviano/Zé Maria, assumira o poder a pouco tempo. Uma promessa de campanha é cumprida: A gratuidade dos transporte universitários por meio do projeto transformação.

A gratuidade veio. O programa funcionou por uns tempos, coisa de 1 ano e meio. No entanto, surgiram alguns problemas de natureza estrutural de planejamento no programa. Em um dado momento, denuncias a PRF com respeito as condições da frota veículos que levam os universitários. Centenas delas por dia. Veio a queda de Royalties, principal recurso que dava sustentação ao programa. De uma media de R$ 700 mil em royalties/mês, os antigos gestores viram esse recurso despencar para algo em torno de R$ 200 mil/mês.

Imagem Reprodução. Clique e amplie
Estava ali, naquela situação – queda de royalties, denuncias, seca, crise, falta de de alternativas, os ingredientes para o fim do programa transformação (CLIQUE AQUI e dê uma acessada em momento daquele contexto).

Protesto. Foram dezenas deles. Grandes desgastes foram produzidos pelos universitários a imagens da antiga gestão (CLIQUE AQUI e confira apena um, desses inúmeros momentos de manifestações ferrenhas).

Não tentou se encontrar uma alternativa. Quem pensa assim está enganado (a). se tentou fazer um projeto alternativo: O bolsa transformação. Que dava alternativa por meios de recursos aos alunos mais carentes com relação ao transporte universitário. Sem chance de dar certo. Os universitários, mesmo em meio a QUEDA DE ROYALTIES e outras receitas, não houve entendimento, não aceitaram alternativa.

Imagem reprodução. Clique para ampliar.
Em dias de votação do projeto na câmara, uma avalanche de universitários invadiram a câmara e por meio de protesto ferozes e vorazes, levaram os edis e rejeitar projeto alternativo do bolsa transformação (CLIQUE AQUI e reviva um pouco dessa situação). Era definitivamente o fim do transformação. Um enorme abismo se criou entre universitários e executivo.

Mesmo assim, posteriormente, se criou uma alternativa onde a PMA passou a financiar parte das despesas. Posteriormente ainda, após massacre nas urnas – essa questão universitária foi importante nesse processo, em especial no item desgaste – o poder público municipal ganhou uma causa da Petrobrás.


Reprodução. Clique e amplie,
Os royalties voltaram a dar um pinote e entrar com força nos cofres da PMA. Os dois últimos meses da gestão Flaviano/Zé Maria os transportes universitários voltaram a ter gratuidade (CLIQUE AQUI e confira mais essa parte dessa história). Estava provado definitivamente os royalties como o grande entrave.

Dia 05 de Janeiro de 2017. Os universitários voltam a se reunir com o poder executivo municipal, agora sob o comando da mão forte de Alan Silveira e com as bençãos de Deus.  Segundo matéria enviada pela equipe de comunicação integrada da prefeitura, os universitários vão ter somente PARTE das despesas CUSTEADAS. Fala-se em auxílio. Mesmo com uma vultosa quantidade de royalties entrando. Diferente dos idos de 2014, quando toda a quela celeuma pós fim ao transformação.

Segundo a assessoria de imprensa do atual gestor, presidente da AENTS  disse na reunião:

Crédito da foto: Assessoria PMA
‘Segundo o estudante Erison Gustavo, presidente da Associação dos Estudantes de Nível Técnico e Superior de Apodi (AENTS), a proposta apresentada pela prefeitura atende aos anseios dos estudantes.

“Discutimos e ficou acertado um auxílio bastante satisfatório e que atende aos anseios dos estudantes. Nós sabemos que o município não tem como arcar com o valor integral”, comentou’.

Agora sim. Está tudo bem. Sem protesto, sem achincalhamentos em redes sociais, reuniões em câmaras de vereadores, supostamente até sem reuniões entre universitários para discutir o caso (Os universitários fizeram reuniões para debater a proposta do executivo? Mas eu nem vi pelas redes sociais). A proposta do executivo “agora atende a questão universitária”. Mesmo com executivo/universitários rateado despesas. É tão lindo finais felizes. Os universitários finalmente entenderam que a situação do PMA está difícil. Que bom. Antes tarde que nunca. Né?

ESPERE!!! Mas continua entrando muitos royalties. Nos dois últimos meses voltaram a ser gratuito. Deu para pagar. Não dar para continuar assim?

Sabe, fazendo toda essa retrospectiva, que me custou um tempo precioso de pesquisa, pairam dúvidas ma minha cabeça: Nessa questão, será que pau que deu Chico, deu em Francisco?

Pois é. Deus tá vendo. Ou será que não? Talvez não. Ah!!! vá, deixa para lá. Que sejam felizes. Como finda toda história.  Parabéns a atual gestão Alan pelo poderoso poder de convencimento aos universitários.

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No cabeçalho do seu blog, você cita Liberdade como se fosse algo que encontrássemos por aqui. Isso é lorota. Aqui você só pode publicar o que agrada as otoridades. Publicou comentário meu e, em seguida retirou. Recebeu ordens da secretaria de comunicação do prefeito, um carão, um puxão de orelhas, ameaças de não mais receber adjutório e, adeus liberdade. Já vi algum comentário lhe chamando de frouxo. Ratifico.

      Excluir
  2. Ai ai ai , Apodi cidade de pura e plena hipocrisia.

    ResponderExcluir
  3. Blogueiro frouxo. Bastou Klinger mandar um recado a dizer que não se pode publicar NADA que indique algo negativo ao prefeito Alan, que o professor borrou as botas. Taparam sua boca blogueiro. Conte aqui a estorinha de Branca de Neve. Isso pode.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou cheio dos seus comentários imundos e desequilibrados. Você, nesse blog, não terá mais um comentário moderado. Cai fora.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

POLICIAL: Acidente na BR 405 centro do Apodi

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

A saga do Prefeito Alan que só quer culpar os outros

Prefeitura descumpre sua parte e ainda não fez repasse a APAMI

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município