Quais critérios serão usados na escolha dos profissionais que atuarão na saúde do município do Apodi a partir de 01/02?

Reprodução. Clique para ampliar.
Uma das maiores reclamações com relação à gestão atual, nesse início de mandato, reside no atendimento por parte do sistema de saúde: UBS, centros de saúde, procura por profissionais para certas áreas específicas, etc.

Essa jovem do print (foto ao lado), além de reclamar do fechamento, reclama da falta de profissionais em áreas afins nas unidades de saúde o município. Afirma que existem certos casos que precisa de urgência em atendimento. “Procurei hoje a UBS de São Sebastião para me informar quando ia retorna as consultas com a psicóloga e a terapeuta ocupacional  e fui informada que ia voltar só em março depois que realizassem um processo seletivo..”. Afirma em trecho do desabafo. “Dezenas de crianças de suas consultas para desenvolver e aprender a viver socialmente com outras pessoas, tudo interrompido sem previsão de volta”... Reclama em outro trecho.

A usuária do sistema municipal de saúde não vai precisar esperar até o dia primeiro de Março, como reclama no print. Daqui a cerca de 10 dias, a secretaria de saúde do Apodi, estará reabrindo as UBS’s, bem como, os postos, centros de saúde, PSF’s. De acordo com o novo secretário isso acontecerá até dia 1ºde Fevereiro próximo (CLIQUE AQUI).

De fato a população espera mesmo que tudo esteja funcionando até lá. Um dos grandes desafios será a escolha de profissionais bem qualificados. Uma pergunta que não quer calar é quais seriam os critérios usados para essas contratações emergenciais?

Não podemos esquecer que, nesse caso da saúde, a escolha de médicos qualificados é salutar. Nisso consiste a preocupação de muitas pessoas nas redes sociais. Uma profissional gabaritada como Dr. Solange Noronha, por exemplo. Nas redes sociais já acompanhei centenas de pessoas reclamando a sua dispensa e, segundo os motivos dessa dispensa, foi o fato da mesma não ter votado na atual gestão que esta a frente dos destinos do Apodi. Acho que essa possibilidade esta fora de cogitação. Agora estamos vivendo em tempos de uma gestão de todos.

Nessa área da saúde é bom nunca esquecer que as questões politico/partidárias deveriam ficar longe do cenário. Só a titulo de exemplo, em 2013, quando a ex-gestão Flaviano/Zé Maria assumiu a prefeitura do Apodi, deixou em seus postos, medicas como Dr. Lourdes, esposa do ex-prefeito Pinheiro e, Dr. Solange Noronha. Ambas, naquela oportunidade, haviam votado contra a citada gestão, no pleito de 2012. E, mesmo assim, por suas qualificações, permaneceram em seus postos. Mesmo votando contra.


Mas é torcer que os critérios sejam principalmente técnicos. Creio que serão. É esperar o dia 1º de Fevereiro para conferir. Estar pertinho.

Comentários

  1. Bem que toda a preocupação que tiveram em criar e anunciar e publicar o eslongan do carnaval, fosse direcionada a questões como essa. Até porque já é de conhecimento de todos que gestão nova principalmente sendo o PMDB a frente, não tem lugar pra quem votor em outro partido né. Já era de se espera esse problema, então pq não usaram o tempo de criar eslongan pra carnaval (que nem sabemos se vai ter ). Para encontrar soluções já que problemas de saúde não espera por boa vontade de prefeito

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água