Pular para o conteúdo principal

O CARNAVAL DO APODI: Os camarotes – Recursos arrecadados, prestação de contas e aplicação

Imagem de arquivo. Reprodução
Algo que sempre deu o que falar em Apodi diz respeito ao tal dos camarotes. Coisas do tipo: Arrecadação, aplicação dos recursos e destino dado aos mesmos, por exemplo.

Nos últimos quatro anos, de 2013 a 2016, os recursos apurados com as vendas de camarotes sempre houve uma prestação de contas e aplicações de recursos. Isso sempre foi, podemos dizer assim, uma marca registrada da gestão anterior com relação ao carnaval e recursos dos camarotes.

No ano passado, 2016, só a titulo de exemplo, com relação aos camarotes o saldo com a venda deles ficou em torno de R$ 80 mil. Na oportunidade, os R$ 80 mil foram usados para custear a própria festa do Momo.

Foram 420 da PMA, mais de 80 de camarotes e cerca de 40 mil de patrocínio. Foi investido no evento menos de 600 mil. Tudo prestado conta. Isso é zelo com o dinheiro público, na minha interpretação. Obviamente que isso foi ignorado pela população. O povo nem tuiú para esse importante fato com relação aos camarotes e prestação de contas. Não valeu na avaliação do governo nas urnas.

A gestão atual, que está se propondo a fazer tudo diferente, tem o desafio de manter esse padrão com relação ao trato dos recursos oriundos das vendas de camarotes. Criar uma conta, os recursos oriundos das vendas serem depositado nela, prestação de contas dos recursos arrecadados. Coisas sempre difícil de ver em Apodi em gestões de 2012 para trás.

Esse padrão com relação ao uso dos camarotes, criado pela gestão Apodi Terra querida tem que ser mantido, quem sabe, melhorado. Vamos ficar de olho nisso.

Pelo menos é o que a boa ética, moral e zelo sim pelos recursos públicos exigem. Mesmo que o povão só queira saber da farra. Afinal, trata-se de dinheiro público. 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio