IFRN realiza pesquisa para avaliar conhecimento da sociedade sobre a Instituição

Objetivo aprimorar os serviços oferecidos e direcionar melhor as ações de comunicação

Reprodução.
Janeiro é mês de fazer a avaliação das ações desenvolvidas no ano que se encerra, através da elaboração do Relatório de Gestão institucional, e concluir os trabalhos de planejamento para o ano que se inicia. Pensando em aprimorar as ações e ferramentas de comunicação, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte lançou neste mês a pesquisa "Por um IFRN cada vez melhor". 

São dois os objetivos principais: avaliar o nível de conhecimento da sociedade sobre a Instituição  e, com isso, direcionar as ações de comunicação. A pesquisa inicia com questões gerais sobre a Instituição: quais tipos de curso são mais conhecidos, como são avaliados os servições de ensino, a estrutura física dos campi e outros. Em seguida, há perguntas mais direcionadas aos canais de comunicação utilizados pelo IFRN. Hoje a Instituição possui 21 campi, além da Reitoria, tem um portal oficial, páginas em redes sociais, programas de TV veiculados por canais de televisão locais e pela internet, revista e outras ferramentas.

Está prevista para 2017 a reestruturação do portal do IFRN, como também a elaboração da Política de Comunicação do Instituto. "A pesquisa vai nos ajudar a identificar quais ações precisam ser aprimoradas e melhor divulgadas. Queremos saber como melhorar a interação com os diferentes públicos que formam a Instituição através de ações de comunicação integrada e pública", explicou a assessora de Comunicação, Maria Clara Bezerra.

Disponível em formulário online, a pesquisa pode ser respondida até o final do mês, por toda sociedade, através do link http://bit.ly/PorUmIFRNmelhor.

Assessoria de Comunicação Social e Eventos
Reitoria | IFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água