FIM DE REBELIÃO: Líderes são identificados e até coletiva governo não tinha número exato de mortos

Reprodução.
O Governo do Rio Grande do Norte deu coletiva na manhã desse domingo (15) e, através da Sejuc e da Sesed, identificou seis presos que lideraram a rebelião registrada neste sábado na Penitenciária de Alcaçuz, localizada em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal.

Durante entrevista coletiva, o secretário de Segurança, Caio Bezerra, disse que todos os líderes serão transferidos para outras penitenciárias do Rio Grande do Norte, no entanto, ainda não se sabe exatamente para quais unidades eles irão.

Até a entrevista coletiva, que ocorreu por volta das 10 h de hoje, imprensa foi informada que o ITEP solicitou a chegada de um caminhão frigorífico que virá de Fortaleza e deverá chegar a Natal ainda neste domingo para armazenar os corpos até que todos sejam devidamente liberados. O ITEP/RN conta apenas com duas câmaras frigoríficas que comportam entre 20 e 30 corpos.

Até então, o governo do estado não tinha o controle exato do número de mortos. No entanto, informações dão conta que o ITEP se prepara para receber ao menos supostamente 30 corpos.

A expectativa gerada é que até o final da tarde de hoje (16), os números exatos e oficiais da rebelião sejam dados a imprensa, uma vez que a especulação nas redes sociais são diversificadas, incertas e, por vezes, até mal intencionadas.

Áudios, por exemplo,  rolam em blogs, sites e grupos que não se sabe se as vozes neles contidas procedem, ou seja, são de quem realmente dizem ser. É esperar para ver os dados oficiais.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

POLICIAL: Mais um crime de homicídio em Apodi

PRESTAR INFORMAÇÕES FALSAS É CRIME E USO DA MÁ FÉ NA GESTÃO PÚBLICA

“Esse Prefeito é incapaz de administrar até uma bodega”. Nilson de João Lucas, agosto de 2013

DENUNCIA GRAVE CONTRA O PREFEITO É PROTOCOLADA