Pular para o conteúdo principal

Cresce procura por academias femininas; “Elas querem se sentir à vontade”, explica educadora

Educação física, Ceiça Costa
Com a chegada do verão, a procura por academias tem se tornado uma febre, assim como o desejo das mulheres em conquistar o corpo perfeito. Agora imagine poder se exercitar em um ambiente longe dos olhares masculinos e sem se importar com o que vestir? Esses são alguns dos diferenciais oferecidos pelas academias femininas.

O objetivo desses ambientes é oferecer um espaço em que a mulher possa ficar mais à vontade, sem precisar se preocupar com roupas, maquiagem ou olhares indesejados.

As academias femininas foram projetadas para atender as necessidades das mulheres, seja aquela mais tímida ou a casada, por exemplo. Nossa intenção é cumprir com o desejo delas. Elas querem se sentir bem à vontade durante os exercícios”, comenta a profissional de educação física, Ceiça Costa, pioneira em academias femininas em Apodi e região.

Crédito das fotos: Êba! Agência de Mídia
Ceiça mantém o Espaço Fitness Apodi, academia feminina, há três anos. Nesse período, ela conta que a procura foi bastante alta e que 99% das mulheres alegaram que não se sentiam à vontade malhando com homens em outras academias.

Percebendo essa necessidade, a gente até ampliou a academia. Eu fico muito feliz quando vejo uma mulher saindo do sedentarismo através do nosso espaço. É como se a nossa meta estivesse se cumprindo”, completou Ceiça Costa.

Atualmente, o Espaço Fitness Apodi possui quase 300 praticantes diárias. Além da exclusividade feminina, a academia também oferece treinos diferenciados e horários reservados, características que cativam as mulheres e as motivam na conquista do tão sonhado corpo.

Êba! Agência de Mídia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio