CACHOEIRAS NO DESERTO: Chuvas torrenciais criam conjunto de cachoeiras no meio do deserto

Reprodução.
Conhecida pela clima desértico, a região central da Austrália acabou sendo "transformada" em um conjunto de cachoeiras. O Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta, um dos grandes símbolos da cultura aborígene, acabou recebendo volume recorde de chuva.

No Natal, a região chegou a registrar volume de chuva de 232 milímetros em apenas 24 horas — para efeito de comparação, a média local em um ano é de 274,6 milímetros. Especialistas afirmam que esse tipo de evento ocorre apenas a cada 50 anos.

Por conta desse alto volume, há acumulação de água na parte mais alta de diversas formações rochosas. As formas como essa água está escorrendo até o solo — somada à quantidade muito acima do normal — acaba formando diversas cachoeiras.

Logo no começo das chuvas, com a formação das cachoeiras, o parque ficou lotado de turistas. Todos queriam, é claro, ver a nova "atração" do local. Acontece que, por medidas de segurança, o Parque Nacional está fechado e a população local foi evacuada. Tudo porque está chovendo realmente demais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

Gestão bate meta e cumpre 26% das promessas de campanha em menos de um ano em Apodi

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região