Apoio a estudantes com necessidades especiais aumenta na UFRN

Reprodução.
A Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (Caene), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), fechou o ano de 2016 com 232 alunos em atendimento. Isso representa um crescimento de 66% em relação a 2015, quando 139 estudantes com necessidades educacionais especiais (NEE) eram atendidos pela unidade que orienta, apoia e acompanha a permanência deste público na UFRN.

De acordo com o presidente da Caene, professor Ricardo Lins Vieira de Melo, o aumento do número de alunos atendidos é resultado não apenas da política de inclusão que se consolida cada vez mais no Brasil, mas também da política institucional da UFRN. “São vários os atores e setores que trabalham integrados para fortalecer a inclusão dos universitários com NEE, indo além do cumprimento de leis para inserir a conscientização na cultura institucional”, afirma.

A UFRN é uma das referências em âmbito nacional no atendimento aos estudantes com NEE. Desde 2010, a Caene propõe ações que visam à eliminação de barreiras arquitetônicas, atitudinais, de comunicação e pedagógicas para garantir o ingresso, o acesso, a permanência com qualidade e a conclusão do curso com sucesso. Cerca de 550 pessoas já solicitaram apoio da unidade desde sua criação, e espera-se que a demanda seja maior nos próximos anos.

Agência de Comunicação da UFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos

Finalmente, o que dizer sobre nossa triste realidade?