Apodi continua precisando de um centro administrativo

Uma das situações administrativas que mais tem preocupado os contribuintes em Apodi diz respeito à questão dos alugueis.

Valor do contrato em alugueis com uma
 Única pessoa física: R$ 40.500,00. Dados
foram apagados  para preservar nomes 
de pessoas físicas. Clique para ampliar.
Reprodução: Redes sociais.
Só a titulo de exemplo do que nos reportamos acima, existem gestões em Apodi que tem um histórico de abandonar os prédios públicos para onerar o município com aluguéis.  Foi assim quando no passado se abandonou o prédio que hoje funciona o posto de saúde São Sebastião, vizinho a maternidade, que em outros tempos foi a secretaria de saúde.

Na gestão dos idos (2009/2012), por exemplo, abandonou-se o prédio publico e se alugou o prédio de um empresário ligado ao setor da mídia comunicativa (CLIQUE AQUI e relembre).

Aconteceu também com a base do SAMU, que alugaram o prédio de um saudoso empresário local já falecido, tendo o espaçoso prédio da antiga rodoviária, cedido ao município por 20 anos.

Reprodução: ApodiBaixodoPano
Um pouco de mudança com relação a essa realidade o apodiense, para quem gosta de pesquisar, aconteceu na gestão anterior (2013/2016). Apesar de prédios ainda serem alugados, várias secretarias funcionavam em prédios públicos, sem onerar o município com aluguéis.

Foi assim com a secretaria de Administração e de finanças, que funcionaram dentro das repartições da prefeitura. A secretaria de esportes também não onerava com aluguéis, por que funcionava dentro das repartições da quadra de esportes, próximo ao campo de futebol, onde a ex-gestão também abrigou a secretaria de turismo(CLIQUE AQUI e leia matéria a respeito).

Os postos de saúde também tiveram considerável redução de aluguéis, pois passaram a funcionar nos prédios próprios construídos pelos ex-gestores.

Em tempos de crises, secas e constantes quedas de receitas o contribuinte continua pagando pesado tributos em alugueis em Apodi. Fazer o que? O povo aprova assim.

Apesar da gestão passada: Flaviano/Zé Maria, ter reduzido um pouco as questões dos alugueis, constata-se em Apodi que sai gestão, entra gestão e essa situação de alugueis permanece. Em alguns casos supostamente abusivo. 

Algo que seria definitivamente resolvido com a construção de um centro administrativos para o Apodi. A murada da prefeitura seria uma saída. Espaço amplo, que não precisa mais comprar terreno e poderia abrigá-lo. 

Comentários

  1. De onde viriam os recursos para a construção? Penso que a redução do número de secretarias pode ser a primeira medida. A seguir, usar todos os prédios públicos existentes. Por fim, exigir dos deputados estaduais e federais o direcionamento de emendas para o fim da construção de um centro administrativo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis