Pular para o conteúdo principal

Prefeitura do Apodi mantem os encargos da folha rigorosamente em dia durante toda gestão

Reprodução.
Na última Sexta-feira a prefeitura do Apodi pagou os encargos da folha de Novembro no valor de R$ 640.000,00, e do 13º salários no valor de R$ 503.525,86. O monte dos encargos referentes a esses valores importou em R$ 1.148.525,86 de INSS da folha de Novembro e do 13º salário dos servidores.

O prefeito Flaviano Moreira lembrou que recebeu a prefeitura com três meses de encargos atrasados e está entregando com encargos em dia. “Quando assumi a prefeitura encontrei três meses de INSS em atraso Outubro, Novembro, Dezembro e o 13º salário de 2012”, disse. “O pagamento dos encargos da folha além de obrigação, representa a garantia dos direitos dos servidores público com a previdência. RESPONSABILIDADE uma das marcas da gestão Apodi Terra Querida”, lembrou.

Encargos da folha. Dificilmente as gestões pelo Brasil mantem em dia, um fator importante dos direitos dos servidores, principalmente na época em que esses mais precisam, na época de finalmente se aposentar.

Manter os encargos da folha em dia é uma faceta indispensável de uma gestão. tanto que isso beneficia os funcionários. Mas, infelizmente, eles, funcionários e os sindicalistas simplesmente ignoram e não aparece no item gestão pública para a análise da população.

Passa totalmente desapercebida. Foi o que aconteceu com a gestão passada, que ficou devendo três meses e passou desapercebida nessa atual, que está deixando tudo em dia. 

Comentários

  1. Alan disse que vai pagar tudo em dia e vai, inclusive, propor a criação do 14• salário, pois acredita que o município tem condições de pagar e os servidores merecem pois trabalham muito. Viva Alan. Será inesquecível.

    ResponderExcluir
  2. Não está fazendo nenhum favor. O prefeito está Apenas cumprindo com sua obrigação legal. Nada mais do que isso.

    ResponderExcluir
  3. belo exemplo no país que elegeu lula e dilma deveria ir pra o guiness, tomara que o alan cumpar o que prometeu, lembrando que quem eraa prefeita antes do flaviano era a gorete.

    ResponderExcluir
  4. Digite seu comentário...Antigamente nada era obrigação,depois que Flaviano foi eleito prefeito tudo tornou-se obrigatório.
    A obrigação da prefeita foi deixar tudo pela metade. Vá entender esse povo de Apodi.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio