Nota de repúdio emitida pelos nove vereadores eleitos da Nova Geração sobre reprovação de recursos a APAMI

"Nobres conterrâneos apodienses, viemos por meio desta nota, REPUDIAR a atitude dos vereadores que votaram contra o projeto que visará o pagamento do Décimo Terceiro salário dos funcionários da Maternidade Claudina Pinto e a reforma do teto da instituição.

Ficar contra um projeto como este, foi o mesmo que ficar contra o progresso e o povo apodiense. É notório o trabalho desempenhado pela atual equipe da maternidade, elevando os serviços prestados à um nível invejável, tornando-se referência estadual. Tão absurda 'manobra' que comprometeu seriamente os serviços da mesma. Caros vereadores, olhem o céu de nossa cidade nublado, graças ao Grande Criador o inverno se aproxima, e a maternidade, hoje, não suportará chuvas intensas, sabem bem disso. Com isso, toda a instituição fica comprometida. Outro ponto, é a falta de respeito para com os funcionários da mesma. Trabalham o ano todo, adquirem o direito líquido e certo ao seus salários e bonificações; e por conta de 'atritos políticos' tem seus direitos sonegados? Mas afinal, a prioridade é o povo apodiense e um serviço público de qualidade? Ou interesses pessoais?

Nós, os nove (09) vereadores eleitos democraticamente e para de fato representa os interesses do nosso povo (na base da Nova Geração), não estamos, e não seremos coniventes com tal atitude. Por cada um de nós, individualmente e coletivamente, já foi dito que lutaremos para que Apodi esteja cada dia melhor, sempre pensando no bem coletivo.

Então não aceitaremos de forma alguma que o bem estar coletivo seja 'jogado' fora em detrimento dos interesses pessoais e individuais de alguns. Repudiamos categoricamente esta atitude, e salientamos que nossa base trabalhará de forma para garantir o progresso e a melhoria, não compactuando com atitudes desrespeitosas como essa.

Assinado vereadores eleitos para a gestão (2017-2020) - Nova Geração:
Gilvan Alves;
Charton Rêgo;
Bebê Gama;
Genivan Varela;
Chico de Marinete;
Sonethe Ferreira;
Elson Marinho;
Júnior Carlos;
E Paulo de Telecio".

Comentários

  1. Respostas
    1. Alguns dos seus comentários são muito pesados. Não se pode condenar alguém sem primeiro a justiça fazer isso. Não se pode sair por ai chamando os outros de meliantes. É isso. Quem é você? Onde você mora?

      Excluir
    2. Sua balança tá quebrada, professor

      Excluir
  2. Professor, sugiro, de início, vá ao dicionário e certifique-se do significado das palavras que uso. Atribui o adjetivo meliante a quem se fato o é, reconhecido, inclusive, pela Justiça, por haver recebido denúncia contra tal personagem. Portanto, estou e estamos todos autorizados a utilizar o adjetivo. Moro em Fortaleza e sou apodiense. Tenho IP para o caso de localização. Não sou anônimo, caro professor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?

MENSAGEM: Apodienses vencedores

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo