Pular para o conteúdo principal

Nota de repúdio emitida pelos nove vereadores eleitos da Nova Geração sobre reprovação de recursos a APAMI

"Nobres conterrâneos apodienses, viemos por meio desta nota, REPUDIAR a atitude dos vereadores que votaram contra o projeto que visará o pagamento do Décimo Terceiro salário dos funcionários da Maternidade Claudina Pinto e a reforma do teto da instituição.

Ficar contra um projeto como este, foi o mesmo que ficar contra o progresso e o povo apodiense. É notório o trabalho desempenhado pela atual equipe da maternidade, elevando os serviços prestados à um nível invejável, tornando-se referência estadual. Tão absurda 'manobra' que comprometeu seriamente os serviços da mesma. Caros vereadores, olhem o céu de nossa cidade nublado, graças ao Grande Criador o inverno se aproxima, e a maternidade, hoje, não suportará chuvas intensas, sabem bem disso. Com isso, toda a instituição fica comprometida. Outro ponto, é a falta de respeito para com os funcionários da mesma. Trabalham o ano todo, adquirem o direito líquido e certo ao seus salários e bonificações; e por conta de 'atritos políticos' tem seus direitos sonegados? Mas afinal, a prioridade é o povo apodiense e um serviço público de qualidade? Ou interesses pessoais?

Nós, os nove (09) vereadores eleitos democraticamente e para de fato representa os interesses do nosso povo (na base da Nova Geração), não estamos, e não seremos coniventes com tal atitude. Por cada um de nós, individualmente e coletivamente, já foi dito que lutaremos para que Apodi esteja cada dia melhor, sempre pensando no bem coletivo.

Então não aceitaremos de forma alguma que o bem estar coletivo seja 'jogado' fora em detrimento dos interesses pessoais e individuais de alguns. Repudiamos categoricamente esta atitude, e salientamos que nossa base trabalhará de forma para garantir o progresso e a melhoria, não compactuando com atitudes desrespeitosas como essa.

Assinado vereadores eleitos para a gestão (2017-2020) - Nova Geração:
Gilvan Alves;
Charton Rêgo;
Bebê Gama;
Genivan Varela;
Chico de Marinete;
Sonethe Ferreira;
Elson Marinho;
Júnior Carlos;
E Paulo de Telecio".

Comentários

  1. Respostas
    1. Alguns dos seus comentários são muito pesados. Não se pode condenar alguém sem primeiro a justiça fazer isso. Não se pode sair por ai chamando os outros de meliantes. É isso. Quem é você? Onde você mora?

      Excluir
    2. Sua balança tá quebrada, professor

      Excluir
  2. Professor, sugiro, de início, vá ao dicionário e certifique-se do significado das palavras que uso. Atribui o adjetivo meliante a quem se fato o é, reconhecido, inclusive, pela Justiça, por haver recebido denúncia contra tal personagem. Portanto, estou e estamos todos autorizados a utilizar o adjetivo. Moro em Fortaleza e sou apodiense. Tenho IP para o caso de localização. Não sou anônimo, caro professor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio