Mesmos vereadores que lutavam arduamente por aumento dos professores hoje se escondem e matéria de aumento não é votada

Foto: Assessoria da CMA
Durante todo percurso que vai de 2013, início da gestão Flaviano/Zé Maria até meados do mês de setembro/2016, os professores tem dispendido forte e árdua luta por aumento salarial. Fato.

Os vereadores, que nesse mesmo período formaram a chamada base de oposição a atual gestão, dispenderam a mesma árdua luta para que esse aumento fosse cedido aos professores. Para isso, trancaram pauta, travaram projetos, foram fundamentais para desgastar a imagem do prefeito Flaviano.  Todos solidários a luta dos professores do município do Apodi.

Agora, no pleito desse ano, o prefeito que esses vereadores apoiavam em Apodi venceu o pleito municipal. Na sessão de hoje, 01, seria uma grande oportunidade desses vereadores mostraram de forma bem prática o apoio aos professores em sua causa. Afinal, como o prefeito da sua base sai vencedor na eleição, sua luta em prol da classe começaria a lograr êxito desde já. 

Após assembleia geral dos professores do município do Apodi, onde a maioria finalmente aceitou a aprovação do projeto de lei do executivo que concedia reajuste de 8% aos profissionais do magistério, a sessão da câmara ficou lotada de professores, esperando a categoria ter o mesmo apoio de outrora ao reajuste.

Sete, dos nove vereadores que componham a base de oposição e que tanto lutaram pela classe, faltaram à sessão de hoje. Moral da história: não houve quórum para que o projeto que concedia reajuste fosse aprovado.

Agora os tempos são outros.  Os que antes brigavam na tribuna pelo aumento hoje não comparecem.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis