JOSIAS DE SOUZA: “Ex-Supremo alistou-se no cangaço de alagoas”

Josias de Souza, um dos mais inteligentes Jornalistas brasileiros, fez um comentário bem especial sobre a atitude do Supremo Tribunal Federal com Relação a Renan Calheiros. Leia abaixo a opinião do conceituado jornalista:

Ao rende-se as conveniências de um réu ilustre, Renan Calheiros, o Supremo Tribunal Federal se auto converteu num puxadinho da república de Alagoas. O Supremo, que agora não é tão supremo assim, estava diante de uma tarefa simples: precisava confirma uma liminar do ministro Marcos Aurélio Melo, que impunha a Renan, o mesmo tratamento que a agora ex-suprema corte, havia dispensado a Eduardo Cunha. Tratava-se de afastar um réu, no caso Renan, de um cargo que está na linha de substituição do presidente da república, a presidência do senado.

E o que fez o Supremo? Desautorizou o seu ministro, Marcos Aurélio, para blindar Renan Calheiros num afastamento meia sola. Ficou decidido que o réu Renan, não pode substituir o presidente da república, mas o fato de responder a uma ação penal, em que é acusado de se apropriar de verbas públicas, não o impede de presidir o senado federal.

Essa decisão, tomada por 6 votos a 3, entra para a história como uma das páginas mais indignas da Suprema Corte brasileira. A decisão foi negociada numa articulação que teve a participação do próprio réu, Renan Calheiros, que soltava fogos desde a noite da véspera, já antecipando o resultado.

Ao ficar de cócoras diante de um réu, o ex-Supremo Tribunal Federal, humilhou o Brasil, num instante em que o Brasil clama por moralidade. O supremo alistou-se no cangaço alagoano”.
Veja comentário em vídeo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água