EXEMPLAR: Vereadora Eleika coloca parlamento Brasileiro em saia Justa economizando R$ 372 mil em verba de gabinete e indenizatória

Foto: Elpídio Júnior
Por Juliana Manzano

A vereadora Professora Eleika Bezerra (PSL) economizou, durante todo o seu primeiro mandato, R$ 372.284,21 – o que representa 44% – do montante total de R$ 840 mil disponíveis para cada vereador utilizar com gastos com material de expediente, limpeza, consumo, telefones, combustíveis e serviços durante o período de janeiro de 2013 a dezembro de 2016.

De janeiro de 2013 até junho de 2014, cada vereador teve R$ 306 mil disponíveis para utilização comoverba de gabinete. Deste valor, Professora Eleika gastou R$ 117,7 mil e, o restante, equivalente a R$ 154,3 mil, foi devolvido aos cofres da Prefeitura Municipal do Natal. Neste período, cada parlamentar recebia R$ 17 mil para gastos com os fins já especificados.

No período de julho de 2014 até dezembro de 2016, a fonte de recursos foi alterada e cada vereador teve R$ 534 mil disponíveis de verba indenizatória, cujo ressarcimento é realizado apenas pelo que foi efetivamente gasto pelo Gabinete de cada um dos 29 parlamentares. Professora Eleika foi a única a economizar este recurso, gastando o total de R$ 316 mil e obtendo a economia de R$ 217,9 mil.

Sendo assim, ao total foram disponibilizados R$ 840 mil, sendo utilizados R$ 576,6 mil e resultando em uma economia total de R$ 372,2 mil, o que representa 44% do total.

Já o salário da vereadora Professora Eleika Bezerra, como prometido em campanha, foi doado integralmente desde o primeiro mês de mandato a algumas instituições. As prestações de contas podem ser conferidas no site da parlamentar (www.professoraeleika.com.br).

ANO
PERÍODO
TIPO DE RECURSO
DISPONIVEL
RECEBIDO
GASTO
SALDO
2013
Janeiro a dezembro
Verba de Gabinete
204.000,00
170.000,00
66.540,32
103.459,68
2014
Janeiro a junho
Verba de Gabinete
102.000,00
102.000,00
51.149,98
50.864,44
2014
Julho a dezembro
Verba Indenizatória
102.000,00
57.551,98
57.551,98
44.448,02
2015
Janeiro a dezembro
Verba Indenizatória
216.000,00
125.326,80
125.326,80
90.673,20
2016
Janeiro a dezembro
Verba Indenizatória
216.000,00
133.161,13
133.161,13
82.838,87
TOTAL


840.000,00
576.672,66
422.362,96
372.284,21

2013- foi devolvido à Conta Única da PMN ................................R$103.459,68
2014- 1º. Semestre - foi devolvido à Conta Única da PMN...R$50.864,44
2014 – 2º. Semestre – deixou de receber da CMN ...................R$44.448,02
2015 – deixou de receber da CMN ..................................................R$90.673,20
2016 – deixou de receber da CMN ..................................................R$82.838,87
TOTALIZANDO .......................................................................................R$372.284,21
Assessora de Comunicação

Comentários

  1. Na câmara municipal apodiense não há nenhum bom exemplo. Ao contrário, há vereador que foi preso, acusado de peculato, e, por pouco não foi reeleito. O povo não vigia o desonesto.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

Finalmente, o que dizer sobre nossa triste realidade?

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

DECLARAÇÃO: General Mourão diz que Temer faz ‘balcão de negócios’ para governar