E por que diabos Junior Souza continua entre a relação dos futuros secretários?

E por que diabos Junior Souza continua cotado entre as relações dos futuros secretários da gestão Alan? Ele não ficou inelegível por oito anos e da mesma forma está impedido de ocupar função público por igual período? Esses questionamentos acima, com essas expressões, tenho visto muitas pessoas fazendo nas redes sociais.

De fato, isso aconteceu em meados de novembro (clique AQUI e relembre). Mas, para quem ainda não está a par da situação, tenho informações que o vereador recorreu da decisão do ministro do TSE Herman Benjamin, que hoje ocupa a função de corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral.

Edil Junior Souza recorreu da decisão do Ministro
Herman Benjamin que é corregedor-geral do Tribunal
Superior Eleitoral (foto: Divulgação/TSE).
Como o TSE se encontra em recesso brando – a decisão do recurso do edil, que quer que sua sentença seja apreciada pela plenária do TSE, uma vez que a decisão de Herman Benjamin havia sido individual – quero acreditar que a decisão da plenária do TSE acontecerá por volta de meados do mês de Janeiro/2017. Até lá, o edil pode sim ocupar cargo púbico e está inclusive com sua vaga de vereador assegurada. Por enquanto a composição dos 13 vereadores na CMA para o período legislativo 2017/2020 continua indefinida.

A propósito, caso perca de novo na plenária do TSE, o edil ainda poderá recorrer ao Supremo Tribunal Federal – STF, se minha interpretação judicial não tiver equivocada. Ai sim. Caso perca de novo, então pode fechar a conta e passar a régua – como diria João cana Brava. Isso ainda vai render coisa.

Comentários

  1. Tomara ele não queira assumir cargo público, até final decisão. Corre grande risco de passar por vergonha e humilhação. Perai: qual político tem vergonha ou receio da humilhação?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água