UFRN registra acervo de peças brasileiras de museu português

Fotos: Cícero Oliveira
Por Sirleide Pereira

Uma equipe multidisciplinar da Pró-reitoria de Extensão (Proex), Secretaria de Educação a Distância (SEDIS) e Assessoria de Comunicação da Reitoria (Ascom) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), documentou no último mês de outubro, parte do acervo de duas mil peças brasileiras constantes do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, em Portugal.

Coordenado pela professora Magnólia Fernandes, diretora de Ações Educacionais da PROEX, o trabalho realizado pelos técnicos Maurício Oliveira e Kaline Sampaio, da SEDIS, e Cícero Oliveira, da Ascom, é fruto do convênio entre a PROEX/UFRN e a Universidade de Coimbra.

Levadas do Brasil para Portugal ainda no final do século XVIII, as peças fotografadas representam relíquias da cultura brasileira, inclusive da fase que antecede a colonização. A idéia da parceria PROEX/SEDIS é disponibilizar futuramente esse acervo iconográfico ao acesso público, para fins de pesquisa e mostras.

Segundo Magnólia Fernandes, esse tipo de colaboração entre instituições brasileira e portuguesa é fundamental para a UFRN e faz parte das metas da internacionalização e da construção da memória nacional.
Ascom-Reitoria/UFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os maiores açudes do Nordeste

REINO ANIMAL: Insetos que sofrem metamorfose

VOLTA ÀS AULAS: Escola Sebastião Gurgel fará aula inaugural nesta sexta, 23

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

OPERAÇÃO MANUS: MPF questiona quantidade de testemunhas apontadas por Eduardo Cunha