Servidores de Natal Refugam proposta de Carlos Eduardo em parcelar salários atrasados

Reprodução.
O Sindicato dos Servidores Públicos de Natal (Sinsenat), através de sua coordenadora Soraya Godeira, Em resposta à previsão dos parcelamentos dos salários dos servidores, anunciada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), garantiu que a proposta do prefeito de Natal não será aceita pelos servidores. A sindicalista garantiu que os servidores de Natal entrarão hoje, 04, em greve.

Não vamos aceitar! Estamos desde de março sofrendo, sendo penalizados com atraso de pagamento. É uma situação muito complicada para o servidor, e aí vem Carlos Eduardo com essa proposta para piorar a situação. Temos muitos servidores com baixo salário, e dividindo-o em três meses não vão conseguir o mínimo que é sobreviver”, esbravejou Soraya.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?

MENSAGEM: Apodienses vencedores

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo