OPINIÃO: Agora se pede uma oposição responsável?

Foto: Blog ApoDiario
Atraso em libração de recursos para compra de mobilha em UBS; fechamento de pauta para atrasar votação de projetos; Reprovação de recursos que beneficiaria ao povo; Reprovação de projetos para contratar profissionais de saúde para atender a popular da zona rural como o Góis dentre outros, remanejamento de verba despencou de 20% para a penas 3% na gestão atual, etc., etc., etc...

São apenas algumas das inúmeras situações de como a atual câmara municipal – essa de 2013 a 2016 – proporcionou a atual gestão – essa de Flaviano/Zé Maria 2013 a 2016. Pessoas vibravam com as diversas situações dentre esses que relatei a cima.

Agora, de forma hipócrita, pessoas nas redes sociais ficam pedindo para que os vereadores façam uma oposição (por enquanto maioria), responsável ao prefeito que irar assumir a prefeitura de Apodi a partir de janeiro/2017. Ora, por que não se pediu também para que oposição atual não fizessem a oposição tão vergonhosa ao Apodi como ocorreu ao longo dos 3 anos e 11 meses?

Tudo bem, esses vereadores que vejo acima, tem o aspecto sim de fazerem uma oposição responsável. Eles não tem postura de Atrasar libração de recursos para compra de mobilha em UBS; de fechar pauta para atrasar votação de projetos; de reprovar recursos que beneficiaria ao povo; reprovar contratação de profissionais de saúde para atender a população, de tentar cassar um gestor por causa de um oficio não respondido, etc., etc., etc.... Prejudicar o povo não é da índole deles. Não faz parte da postura dos mesmos.

Já presenciei por exemplo, Genivan Varela, chico de Marinete e júnior Carlos, como oposição e situação. Nunca os vi tramar para prejudicar uma gestão quando o povo seria o principal beneficiado. Já o edil que volta a câmara em 2017, Paulo de Telécio, só o vi atuando como situação. Mas nunca o vi querendo o fazendo oposição ao Apodi. Gilvan Alves, Charton Rego e Bebé Gama serão vereadores de primeira viagem, mas da mesma forma, quero acreditar, pela postura ética que possuem, não terão a má índole de quer atrapalhar o povo fazendo uma oposição suja.

Quero crer que, quando for pedindo recursos para projetos em prol do povo, essa oposição que por enquanto começa a se desenhar, vai liberar na boa. Outrossim, espero fiscalização séria, conferência se os recursos liberados foram devidamente aplicados, de forma integra.

E tem mais. “Quanto ao remanejamento de verba”. Se o gestor atual conseguiu governar os quatro anos podendo remanejar apenas 3%, quero acreditar que o futuro conseguirá também. Acredito que vão deixar do mesmo jeito, 3% apenas. São minhas expectativas iniciais.

Comentários

  1. Não tenho razão para desconfiar desses ilustres senhores tidos, agora, como opositores à próxima administração do PMDB. Sequer tomaram posse. Até 01 de janeiro de 2017 passará muita poeira debaixo da ponte(não há água) e podemos perder de vista o que hoje se percebe. Adiante.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

Finalmente, o que dizer sobre nossa triste realidade?

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

DECLARAÇÃO: General Mourão diz que Temer faz ‘balcão de negócios’ para governar