Mulher solta flatulência durante cirurgia e causa incêndio

Reprodução.
Uma paciente causou um incêndio ao soltar uma flatulência durante uma operação no Hospital Universitário de Tóquio, no Japão.

O caso ocorreu em abril, mas as investigações do acidente só foram encerradas recentemente e apontaram a flatulência como culpada. 

A mulher passava por uma intervenção no colo do útero com o uso de laser. Quando ela soltou o gás, ele reagiu com o laser, o que provocou o início das chamas. 

A mulher sofreu queimaduras em várias partes do corpo, segundo a imprensa local.

Segundo o inquérito, não houve falha no equipamento utilizado e foram os “materiais inflamáveis” liberados pela paciente que causaram a reação. 

Quando o gás intestinal da paciente vazou no ambiente da operação, houve contato com a irradiação do laser, o que provocou as chamas. As chamas atingiram as cortinas e levaram ao incêndio”, indica o documento.

Comentários

  1. É o famoso peido bomba. É muito comum após um rodízio de sushi regado à saquê. Cuidado, Professor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!