Detecção de febre aftosa em um animal pode dizimar dezenas de rebanhos

Clique para ampliar.
Desde 2014, o Rio Grande do Norte é reconhecido como área livre da aftosa com vacinação pela Organização Mundial da Saúde. Entretanto, poucos sabem o que é a doença, nem quais suas consequências.

A detecção da febre aftosa em um animal, por exemplo, pode dizimar todos os rebanhos nas propriedades aos redores. A febre aftosa é uma doença infecciosa que atinge animais de cascos bipartidos, como bovinos, caprinos, ovinos e suínos. É uma doença altamente contagiosa e pode ser transmitido através da baba do animal e por contato indireto, através de alimentos, água, ar, pássaros e humanos.

A prevenção é feita por meio de vacina obrigatória aplicada de 6 em 6 meses. Quando se detecta um animal doente, é necessário abater todos os animais em um raio de 3 quilômetros, mesmo que os demais animais estejam saudáveis.

“A partir daí a gente percebe o quanto é importante convencer o seu vizinho a vacinar o rebanho. Por que se você vacina e ele não, quando aparecer um animal doente no rebanho dele, os seus também serão sacrificados. É uma medida que acaba afetando todos os produtores de uma região”, explicou o veterinário Pollastry Diógenes.

O produtor que não vacinar seu rebanho fica inadimplente com o Estado e corre o risco de ser multado, além de perder o acesso às linhas de crédito das instituições financeiras e benefícios concedidos pelo Governo.

Em Apodi e cidades vizinhas, no Oeste do Rio Grande do Norte, nunca houve registros da febre aftosa. Para evitar o aparecimento da doença, o médico veterinário Pollastry Diógenes oferece o serviço de consultoria sobre como tratar o seu rebanho. Ele atende no Centro Veterinário Pollastry Diógenes, localizado às margens da BR – 405, no Centro da cidade.

Para mais informações entre em contato através dos telefones: (84) 99108-6373 / 99908-3206 / 98131-6257.

Êba! Agência de Mídia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis