ANAC negou pedido da empresa que levava time da Chape

Reprodução.
A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informa que a empresa boliviana Lamia Corporation solicitou autorização de voo à ANAC para o transporte do time de futebol Chapecoense que faria um torneio na Colômbia. O voo partiria do Brasil para a Colômbia, na segunda-feira, 29/11, segundo a solicitação.

O pedido foi negado com base no Código Brasileiro de Aeronáutica (CBAer) e na Convenção de Chicago, que trata dos acordos de serviços aéreos entre os países. O acordo com a Bolívia, país originário da companhia aérea Lamia, não prevê operações como a solicitada.

Complementando a negativa do pedido, a ANAC informou ao solicitante do voo que o transporte poderia ser realizado por empresa aérea brasileira e/ou colombiana, conforme a escolha do contratante do serviço, nos termos dos acordos internacionais em vigor.

A ANAC se solidariza com os familiares das vítimas do acidente ocorrido nesta madrugada, 29/11, com o time da Chapecoense, nas proximidades de Medellín, na Colômbia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos