Pular para o conteúdo principal

Qual o segredo do sucesso para se ganhar eleições em cidades interioranas?

Reprodução
A bem da verdade, um dos fatores decisivos para ganhar eleição nessas paragens interioranas geralmente sempre passou, acima de tudo, por coisas bem simples.

Quem foca no macro para o município estar perdendo o seu tempo, visto que, a questão é bem mais simples do que alguém possa imaginar. Tipo: o tapinha nas costas ao longo dos quatro anos de gestão, andar no meio do povo o tempo todo, em todas as datas especiais realizar aqueles festinhas nas escolas e instituições – não pode esquecer de mandar uma lembrancinha. Ainda nas data especiais mandar aquelas mensagens – por vezes repleta de hipocrisia. A questão ainda por andar com os vidros do carro aberto com os dentre arreganhados para todo mundo – Ah! Não pode esquecer de dar aquela popular balançadinha de mão. Ainda tem que tomar cachaça com povão. Emprego nas prefeituras. Tem que entupir as prefeituras de cargos comissionados, de preferência um de cada família, a isso chama-se reconhecer o valor da família.

Enfim, toda uma gama de ações que giram mais em torno do assistencialismo barato, descartável, que não leva o município a lugar nenhum. Por sinal, por causa disso temos por ai um punhado grande de cidades que nunca vão sair do lugar onde estão pelos interiores.

Já as ações administrativas de qualidade, voltadas para o povo (tipo o coletivo), são fatores totalmente descartáveis a vista dos olhos das pessoas, na maior parte das vezes desinformadas, com pouco ou nenhum senso crítico.

Assim, por essas paragens interioranas, quem pratica a tal da política da boa vizinhança (tudo descrito acima ou coisas do gênero), esse sim, estará sempre muito para lá de bem avaliado nas pesquisas, na frente. Terá sempre quase que totais possibilidades de vencer.

Comentários

  1. Alan não fez nada disso que vc falou e ganhou.

    Só fez política de Janeiro Pra cá.

    Sua análise está sem nexo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que está sem nexo é o seu comentário. Não tenho lembrança de ter mencionado o nome de Alan nessa matéria caro Chico. Logo por que, só a partir de Janeiro a pessoa dele está governando Apodi pela primeira vez.

      Excluir
  2. Fique tranquilo, Chico. Alan terá 4 anos para o exercício da política de que esse povo gosta. Guarde esse post pra você rever no futuro.

    ResponderExcluir
  3. Vcs estão precisando fazer tratamento.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio