Pular para o conteúdo principal

Interdição e nova diretoria da Maternidade em 2013 foi proposto pelo Ministério Público

Por Jânio Duarte

Às portas de uma nova eleição na Maternidade Claudina Pinto todas as atenções se voltam para a APAMI, e alguns apodienses relembram mudanças na direção tão logo Flaviano havia assumido a prefeitura.

Alguns chegaram até a sugerir que Flaviano encerraria o convenio caso a direção permanecesse nas mãos da antiga direção da unidade.
Ocorre que a intervenção e posterior mudança na direção foi uma proposição do Ministério Público Estadual.

A má gestão da APAMI, portanto, levanta serias suspeitas sobre desvio e/ou a má aplicação repassados pela Prefeitura, ao mesmo tempo em que tem colocado em sério risco a saúde de parturientes e recém-nascidos.
Notificado a prestar esclarecimentos nesta Promotoria de Justiça, o atual diretor da APAMI, Janeto Gurgel Pinheiro, reconheceu os atrasos nos salários, mas imputou a responsabilidade pelos problemas administrativos à Prefeitura, que teria deixado de realizar os repasses necessários ao bom funcionamento da entidade.
As notas de empenho, liquidação e pagamento constante dos autos, no entanto, desmente o referido diretor.
Isso porque a Prefeitura vem realizando regularmente os repasses à APAMI, não se justificando, portanto, o atraso de três meses de salários.
A situação da APAMI, portanto, é grave e merece a devida atenção do Poder Judiciário.
O diagnóstico das irregularidades que levaram a APAMI ao atual estado de descontrole financeiro e deficiência no serviço, contudo, só será possível, com o afastamento judicial da atual administração e a nomeação de um interventor, a quem competirá gerir e auditar a instituição durante o período fixado por esse juízo”. – dizia o texto do parecer do Ministério Público do estado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E Alanzinho inaugura a primeira grande obra do seu governo

Uma vez a praça pronta - a parte mais difícil, diga-se de passagem - um parque viria complementar tão grandiosa obra.
A bacurauzada (como é conhecida a militância do PMDB por aqui) do Apodi vai, hoje (21), esquecer a praça, se regozijar e irá focar todo seu olhar, carinho e atenção no parque. Muito bonito, por sinal. Com certeza garantia de muitos sorrisos nos rostos das crianças daqui para frente. 
O Governo Alan Silveira (Alanzinho - como é carinhosamente chamado), inaugurará o parquezinho infantil da praça no dia de hoje. A primeira obra do seu governo. Muito bom para início. Vão logo começando a contar, temos certeza que muitas outras virão. Parabéns prefeito.

Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.
Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganh…

POLICIAL: Assalto no sitio Santa Cruz

Hoje (07), pela manhã, um assalto foi registrado no Sítio Santa Cruz, zona rural do Apodi.
Dois jovens estava visitando o sítio e tiveram sua moto Honda/CG 125 FAN KS, Placa NNZ6574 de cor vermelha, Apodi subtraída quando retornavam à cidade. 

Segundo informações, os assaltantes não exibiram armas, só insinuaram que estavam armados botando a mão no bolso. Quem tiver informações da moto com as credenciais acima acionar a polícia.