EM BAIXA: Tribunal de Justiça do RN é o mais caro do Nordeste e um dos mais ineficientes do Brasil

Reprodução. Clique nas imagens para ampliar. 
Dados são baseados nos gastos per capita dos Tribunais de Justiça relativos ao ano de 2015 e nos números de produtividade divulgados nesta semana pelo Conselho Nacional de Justiça.

Com base nos gastos per capita dos Tribunais de Justiça relativos ao ano de 2015 e nos números de produtividade divulgados nesta semana pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) é o mais caro do Nordeste e um dos mais improdutivos do Brasil entre os de pequeno porte.
De acordo com os dados divulgados, o órgão potiguar tem o maior custo per capita da região com o valor de R$ 252,15. Todos os demais estados nordestinos ficaram abaixo.

Para chegar a este número, foi necessário dividir os gastos do Tribunal no ano de 2015 (que somaram R$ 867,9 milhões) pela população do estado (R$ 3,4 milhões de pessoas).

Outro dado divulgado pelo CNJ apontou que o Índice de Produtividade Comparada (IPC) do TJ-RN, entre os tribunais de pequeno porte, é o menor em todo Brasil com apenas 47% de eficiência.
Neste quesito, o Tribunal de Justiça potiguar ficou atrás dos tribunais do Amazonas, Roraima, Acre e Rondônia (num contexto nacional) e Sergipe, Alagoas, Paraíba e Piauí (regionalmente falando).

De 2014 para 2015, a queda na eficiência do Tribunal foi de 22,1%.

Informações do Portal Agora RN

Comentários

  1. Tudo isso sob a batuta do desembargador Claudio Santos, presidente do TJRN que planeja ser candidato a governador, junto com Robinson ao senado. Oh Deus, livrai-nos desse mal.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?

MENSAGEM: Apodienses vencedores

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo