Colapso atinge funcionários terceirizados e o caos social está por vir no RN

Foto: Assessoria RN Verdade.
O colapso financeiro que atinge do Estado deve gerar caos social com a demissão de centenas de pais e mães de família. É que a maioria das empresas terceirizadas não aguentam mais bancar meses de atraso. O problema foi exposto na UERN e os ASGs, vigias e demais funcionários vão paralisar em todos os campus da Universidade, prejudicando alunos, professores e o próprio patrimônio público da instituição. A Fundação José Augusto (FJA), que não pagou nenhum mês das terceirizadas este ano, também vai sofrer consequências com paralisação dos funcionários na próxima semana, situação que deve ser estendida a outras Secretarias e órgãos estaduais.

Há seis meses sem receber da UERN, a empresa terceirizada que administra os funcionários não tem mais como arcar com os custos. Para piorar a situação, o reitor da UERN informou que não há previsão de recursos para 2017. Já tem até liminar judicial em favor da empresa Solaris, determinando o bloqueio das contas estaduais, para pagamento dos funcionários, mas a decisão ainda não foi cumprida. A empresa também está coberta por decisão judicial para paralisar atividades sem que venha a ser responsabilizada. O problema se repete na FJA e em outros órgãos públicos vinculados ao Governo do Estado.

A imprensa já começou a noticiar. Confira: CLICANDO AQUI.

RN Verdade

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Secretaria de assistência social do município do Apodi afirmou que despesas do CRAS impedem festa das crianças

Relator do TCU dar parecer favorável para que os ex-gestores do Apodi sejam condenados a devolver recursos ao erário público

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?