Pular para o conteúdo principal

Apodi precisa de longos anos de gestores sérios, que não desvia o dinheiro publico

Reprodução.
Os problemas de nosso município. A quantos são? Eles se multiplicaram tantos ao longos de vários anos que se tornaram uma enorme bola de neve. Vi agora alguns começaram a ser resolvidos. Mas, como faltam tantos...

Obviamente que, tentando resolver os muitos do passado, novos surgiram. Faz parte. É assim com nossa vida. Pode analisar.

Diante da multidão de problemas que cerca o Apodi, diante dos inúmeros problemas que se acumularam ao longo de tanto tempo, com gestores administrando basicamente para grupos e de forma desastrosa, irresponsável e obscura,  a diversidade de problemas se tornaram tamanhas que não se resolverão do dia para noite e sim, a médio e longo prazo.

Isso se existir no meio administrações por anos e mais anos entregue a gestores sérios, honestos, que trabalham os recursos de forma coletiva, sem desvio. Por ai... Caso, contrário, continuarão se acumulando.

Por tanto, hoje, 01 e amanhã, 02, deverá ser um dia de muita reflexão, de medir prós e contras, de fazer comparações - de preferência sem paixão e ressentimentos - e, assim, decidirmos o que realmente queremos para o nosso município.

Deixando o lado pessoal e vendo pelo lado coletivo, eu, por exemplo, sou consciente dos seus muitos erros e acertos também e, estou decidindo por Flaviano Monteiro por que nunca vi um gestor tão honesto como ele na prefeitura do Apodi até então.

Por que veja bem. Um cara entregar doze obras, em três anos e noves, com tempos de crise, queda de receitas e seca como o que vivemos nos últimos anos, só sendo muito honesto para dar certo. É assim que leio

Logo por que, quem acompanha esse blog, se existe uma coisa que sempre defendi aqui é votarmos em gestores honestos. Pode analisar o histórico desse blog que meu tema base aqui é a eterna luta contra a corrupção, o principal mal desse país.

Pode pesquisar e verás que nunca fugi dessa linha de conduta aqui, nesse espaço. Nunca me desviei nem para a direita, bem menos para a esquerda na minha linha de trabalho. E assim será, se Deus quiser até encerrar os trabalhos por aqui.

Mas, isso aqui é só uma opinião pessoal. Pois, sou ciente que quem sabe menos das coisas, sabe muto mais que eu. Assim, sem ter a intenção de influenciar ninguém, como cada um pensa da sua forma, que Deus nos ilumine. Vamos as urnas exercer a pouca democracia que ainda nos resta. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio