Pular para o conteúdo principal

A importância do brincar para o desenvolvimento infantil

Reprodução: Clube da prosa
Por Magnos Alves - Jornalista

O lazer infantil é um direito garantido pela Declaração Universal dos Direitos da Criança. Isso mostra o quanto brincar é essencial para promover o desenvolvimento e garantir uma infância feliz e saudável. Por meio da brincadeira, a criança compreende o mundo à sua volta, aprende regras, testa habilidades físicas, como correr, pular, aprende a ganhar e perder. Além disso, brincar favorece o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional; e torna a aprendizagem dinâmica, divertida e perene.

É fundamental que os pais estimulem a brincadeira entre as crianças para que possam desenvolver a imaginação, o aprendizado, a experimentação com o mundo ao redor.  Com o brincar, os filhos aprendem a interagir com as possibilidades e desenvolvendo relações sociais de forma autônoma, organizando as emoções em equilíbrio com os universos interno e externo.

Nesse período do Dia das Crianças, comemorado nesta quarta-feira (12), pais e familiares se preocupam em presentear os pequenos, mas alguns aspectos devem ser considerados na hora da escolha; alerta a Terapeuta Ocupacional do Hapvida, Anny Loureiro, mestre em Ensino na Saúde, pela Universidade Estadual do Ceará.

Brinquedos que incentivem o desenvolvimento de habilidades físicas e intelectuais e estimulem a interação com os pais e com outras crianças devem ser privilegiados na hora da escolha. Livros, jogos de tabuleiro, bolinhas de gude, bonecas, corda para pular, patinete, bicicleta, quebra-cabeças, carrinhos de corrida, equipamentos esportivos, jogos de memória, objetos de montar, óculos de mergulho, vão fazer a alegria da criançada.

É importante também observar a faixa etária indicada para cada idade, o que é obrigatório nos produtos infantis, prestar atenção se o objeto possui superfícies pontiagudas ou peças que poderiam se soltar facilmente. O brinquedo deve conter selo de segurança que certifique que não oferecerá risco, além de alertar para os cuidados necessários no manuseio.

E se o dinheiro estiver curto, uma boa opção é interagir, resgatando velhas e promovendo novas brincadeiras. As dinâmicas em grupo favorecem princípios de compartilhamento, cooperação, liderança, competição e obediência às regras. Brincar é uma forma de expressão e é por meio das atividades lúdicas que a criança manifesta sentimentos e se comunica com o mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio