Pular para o conteúdo principal

Reforma proposta pelo Ministro da educação para o E.M. prevê o fim de disciplinas como Filosofia, Sociologia, História e Geografia

Ministro anuncia reforma do ensino médio e fim de várias
disciplinas

Reprodução.
Por Fábio Assunção

Na verdade, esse “enxugamento” já havia sido proposto na campanha presidencial de 2014 por Aécio Neves (PSDB), um dos principais aliados do governo Temer

O ministro Mendonça Filho anunciou que a reforma do Ensino Médio é uma das prioridades do Ministério da Educação. Matéria da Folha de S. Paulo de sexta-feira aponta que o governo quer mudanças nessa área até o final deste ano. Se necessário, será usada inclusive uma Medida Provisória para isso, dizem técnicos do governo.

Segundo informações de assessores do MEC, os pontos centrais da reforma preveem um Ensino Médio “enxuto” e um currículo mais “flexível”. Na prática, isto pode significar o fim ou fusão de várias disciplinas, como Filosofia, Sociologia, História e Geografia.

Na verdade, esse “enxugamento” já havia sido proposto na campanha presidencial de 2014 por Aécio Neves (PSDB), um dos principais aliados do governo Temer. A presidenta Dilma Rousseff (PT) também mostrou-se simpatizante da medida.

A proposta do governo deve encontrar forte resistência entre os educadores de todo o país. “Cortar disciplinas é algo inaceitável”, diz Sandra Marques, professora da Rede Estadual de Pernambuco.

Comentários

  1. A grade curricular deve ser totalflex. Que tal uma consulta pública aos estudantes para eleição das disciplinas? Eu acho que muitas outras disciplinas seriam eliminadas, entre essas o Português, a Matemática, a Física, a Química e outras. Entretanto, penso seja melhor eliminar o ministro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrsrsrsrsrs. Boa ideia, eliminar o ministro e um governo que não representa o brasileiro

      Excluir
  2. Por favor professor gostaria de ler seu comentário, mais por favor primeiro veja o que será feito, pois sabemos que estamos no pais da mentira, sites jornais e revistas, que recebiam dinheiro público pra alimentar papagaios, ou seja, sao simpatizantes do antigo desgoverno que levou o brasil a maior crise da história.Outra coisa dizer que este governo nao representa o povo nao é verdade, pois estar na constituiçao,a substituiçao da titular em caso de cassaçao mortes, impeachment, até vcs vao ficar tentando enganar-se,será que voce ainda acredita no pt na dilma lula, por favor me responda se els eram tao competentes porque a crise deve ter sido causado por sérgio moro, e eu que nem votei nem voto no pt pois tenho amor ao Brasil e fico triste em ver ler relatos de amigos e conhecidos desempregados por culpa do tao capacitado governo do pt. Mais uma pergunta voce é a favor da doutrinaçao que o pt fez e faz nas escolas,universidades.

    ResponderExcluir
  3. Quanto a sua afirmativa de que o governo não representa o brasileiro, eu discordo. O atual Presidente da República, Michel Temer foi eleito vice-presidente na chapa Dilma-Temer e ambos tiveram o mesmo número de votos. Penso esteja superada esta etapa.

    ResponderExcluir
  4. Taí... uma boa ideia! A eleiçao deveria ser para vice tb. A gte deveria escolher o vice, como numa lista tríplice para Ministro! Assim, nao teríamos ninguem no poder de "brinde".
    Qto a crise ser culpa do pt, da dilma, do lula, pode até ser... ter sua parcela de culpa tb. Mas nao esqueçamos que temos um sistema presidencialisra que mais parece parlamentarista. Quem manda mesmo sao os deputados e senadores que aprovam, desaprovam, engavetam e tem poder ate de vetar as decisoes do proprio presidente! Ou os senhores "esclarecidos" esqueceram desse "detalhe" que faz toda a diferença. Além disso, a crise nao é um (des)privilégio apenas do Brasil, nao, meus caros "analistas"... ai ai ... é mta gente primando pela desinformaçao ou informaçao coveninte aos seus interesses... ludibriando o povo ou si mesmo... lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma mentira do pt, eles nunca sao responsável por nada neste pais,o sitema no brasil é presidencialista portanto esta estoria que tudo é culpa do congresso cunha,nao pega aliás o lula comprou os deputados e senadores ou voce esqueceu do mensalao. Se dilma lula pt nao for os culpados pela crise quem é pois muitos hoje estao desempregados passando dificuldades, e por favor em que pais tem crise se até a grécia cresceu mais que o brasil,a verdade é uma só mentiram enganaram vcs eleitores da dilma e temer e agora pagamos a conta.

      Excluir
  5. Taí... uma boa ideia! A eleiçao deveria ser para vice tb. A gte deveria escolher o vice, como numa lista tríplice para Ministro! Assim, nao teríamos ninguem no poder de "brinde".
    Qto a crise ser culpa do pt, da dilma, do lula, pode até ser... ter sua parcela de culpa tb. Mas nao esqueçamos que temos um sistema presidencialisra que mais parece parlamentarista. Quem manda mesmo sao os deputados e senadores que aprovam, desaprovam, engavetam e tem poder ate de vetar as decisoes do proprio presidente! Ou os senhores "esclarecidos" esqueceram desse "detalhe" que faz toda a diferença. Além disso, a crise nao é um (des)privilégio apenas do Brasil, nao, meus caros "analistas"... ai ai ... é mta gente primando pela desinformaçao ou informaçao coveninte aos seus interesses... ludibriando o povo ou si mesmo... lamentável...

    ResponderExcluir
  6. Muitos "esquecem" que esse projeto de reforma - hoje encampado pelo PSDB, DEM... - foi rejeitado pelo eleitor em 2014. Pois, se Temer fosse candidato defendendo aumento da idade para aposentadoria, precarização da legislação trabalhista (destruindo a CLT), entrega do pré-sal e da água do aquífero guarani para as multinacionais... JAMAIS SERIA ELEITO. Esse projeto - hoje implementado - é o dos empresários, pois querem que o trabalhador, mais uma vez, seja sacrificado arcando com a conta da crise internacional do capitalismo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio