MANIPULAÇÃO: Instituto condenado pela justiça volta a fraudar pesquisa, agora em Macaíba

Reprodução.
A coligação Pra cuidar da Gente, que disputa a eleição em Macaíba, está acionando a Justiça para impedir a divulgação da pesquisa realizada pelo Instituto Certus, anunciada neste domingo.

Este não é o primeiro caso de suspeita de fraude do instituto no Estado, que já foi condenado pela justiça a suspender divulgações de pesquisas manipuladas para beneficiar candidatos.Na última quinta-feira, a juíza da 29ª Zona Eleitoral, Aline Daniele Belém Cord eiro Lucas, suspendeu a divulgação de uma pesquisa de intenção de voto elaborada pela empresa Certus em Assú.

Quem divulgar a pesquisa da Certus pagará multa no valor de R$ 100 mil. Em Macaíba, a pesquisa divulgada hoje, que difere totalmente da realidade no município, também deverá ser impedida pela Justiça Eleitoral. A população deve ficar atenta às decisões da Justiça.

Advogados indignados com fraudes em pesquisa.
RN Verdade

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos