MANIPULAÇÃO: Instituto condenado pela justiça volta a fraudar pesquisa, agora em Macaíba

Reprodução.
A coligação Pra cuidar da Gente, que disputa a eleição em Macaíba, está acionando a Justiça para impedir a divulgação da pesquisa realizada pelo Instituto Certus, anunciada neste domingo.

Este não é o primeiro caso de suspeita de fraude do instituto no Estado, que já foi condenado pela justiça a suspender divulgações de pesquisas manipuladas para beneficiar candidatos.Na última quinta-feira, a juíza da 29ª Zona Eleitoral, Aline Daniele Belém Cord eiro Lucas, suspendeu a divulgação de uma pesquisa de intenção de voto elaborada pela empresa Certus em Assú.

Quem divulgar a pesquisa da Certus pagará multa no valor de R$ 100 mil. Em Macaíba, a pesquisa divulgada hoje, que difere totalmente da realidade no município, também deverá ser impedida pela Justiça Eleitoral. A população deve ficar atenta às decisões da Justiça.

Advogados indignados com fraudes em pesquisa.
RN Verdade

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?

MENSAGEM: Apodienses vencedores

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo