Pular para o conteúdo principal

Desmandos deixados pela gestão do PMDB na creche modelo de Apodi foram impressionantes

Fiz matéria sobre a creche modelo do Apodi nesse final de semana. As obras da creche modelo, depois que a obra foi destravada no final do ano passado, o ritmo se contra hoje é muito bom. Desde 2011 a obra já era para estar à disposição do povo do Apodi.

Um dos maiores problemas para destravar a obra foi devido haver incompatibilidade entre o que foi devidamente feito e os recursos pagos pela gestão do PMDB em Apodi. Relatórios da CGU na obra relataram extravio pouco superior a R$ 300 mil.

O engenheiro da obra, senhor Roberto Holanda, nos falou sobre as principais dificuldades encontradas com reinicio da obra. Entre as maiores dificuldades, segundo ele, estava na parte hidráulica.

O engenheiro da obra Roberto Holanda
Como já era uma obra existente, tivemos como uma das maiores dificuldades descobrir se a parte que já tinha sido feita estava adequada.  Foi a maior dificuldade”, explicou. “A parte e esgoto foi um pesadelo, pois como estava tudo enterrado eu tive que sair com o projeto original olhando todas as caixas, jogando água no telhado para ver como a água escoaria” comentou.

E como uma parte do piso já estava acabado, essa foi uma das  maiores dificuldades e, ao mesmo tempo, umas dar maiores incompatibilidades que encontramos. Descobrir um coisa enterrada fica mais difícil. A gente recebeu um relatório da prefeitura do Apodi e tivemos que corrigir as inconformidades”, comenta. “Boa parte do esgoto e hidráulica que era para estar feito e não estava e a gente teve que refazer”, disse.

Fotos cedidas. Situação como se encontrava parte
de rede hidráulica. Clique para ampliar. 
Era um mistério, jogávamos água nos banheiros, no telhado para testar a parte hidráulica e simplesmente a água não saia em lugar algum. Esgotos de água pluviais estavam simplesmente enterrados no solo, não dando em lugar algum. Com a água pluvial simplesmente infiltrando no solo. Foi complicado, assim como ralos de banheiros e pias, tivemos que fazer fotos para provar na hora da efetuação dos pagamentos” explica.

Engenheiro explicou que os canos da parte hidráulica estavam enterrado
 no solo ao invés de desaguar nas galerias
Mas graça a Deus essa parte já foi vencida pois a parte hidráulica já está toda concluída e de forma correta”, disse.

Depois faremos matéria e postaremos fotos com os avanços desde que a obra reiniciou e sobre as perspectivas de conclusão segundo o engenheiro.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio