CIDADANIA: Grupo de jovens com síndrome de down participa de projeto de inclusão social

A Cabo Telecom abriu as suas portas para um grupo muito especial de visitantes.

Em uma parceria com o GAS – Grupo de Atendimento Socioeducativo – jovens potiguares, com síndrome de down, tiveram a oportunidade de conhecer a sede da Cabo e descobrir o universo cativante dos bastidores de uma empresa de telecomunicações. A ação faz parte de um projeto de inclusão social da empresa que propõe a integração desses jovens ao mercado de trabalho.

Patricia Paula, do setor de Recursos Humanos da Cabo Telecom, comenta que o objetivo principal da ação era o de despertar nos participantes o interesse em construir uma carreira profissional. “Temos esse projeto de fazer uma contratação pro setor de atendimento presencial. Levamos eles para conhecer o nosso espaço, os serviços, o modo como funciona a empresa e os setores, para assim tentar despertar neles o interesse de vir trabalhar conosco”.

No setor de atendimento presencial eles ficariam encarregados de recepcionar os clientes, direcioná-los para as cabines de atendimento, emitir segunda via de fatura e outras atividades relacionadas. Ao todo, foram duas visitas em que os participantes puderam visitar os diferentes setores da empresa. Na área de atendimento ao cliente, participaram de uma simulação para compreender o protocolo de atendimento. CONTINUE LENDO...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

Zelo pelo recurso público né? Sei!