Jovem tatua rosto do pai que morreu: 'Para ter ele sempre comigo'

Reprodução.
Após um ano da morte do pai e no seu segundo Dia dos Pais sem a presença dele, o jovem de Itapetininga (SP) Rafael Melo, de 28 anos, decidiu que este ano iria "eternizar" o seu melhor amigo no próprio corpo. Rafael tatuou o rosto do pai, Ademar Melo, no braço direito. Para ele, foi uma forma de tê-lo para sempre por perto.

"Foi uma homenagem e para ter ele comigo para sempre. Convivia com ele todos os dias. Eu saía do emprego e vinha ajudá-lo no trabalho dele, que era dono de um bar. Aliás, ajudava desde criança e até poucos dias dele morrer quando já estava frágil. Até por ser filho único nossa relação era de muita amizade”, conta.

Segundo Rafael, o pai dele morreu dia 11 de julho de 2015, aos 54 anos, vítima de parada cardíaca. A tatuagem foi feita no aniversário de um ano da morte em um estúdio em Itapetininga. A foto escolhida para ficar gravada na pele foi uma que que mostra o sorriso do pai, justamente para celebrar a alegria de Ademar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!