Pular para o conteúdo principal

Robinson Faria reafirma compromisso em combater atos de vandalismo no RN

Foto: Ivanízio Ramos
O governador Robinson Faria realizou no final da manhã deste sábado (30), uma coletiva de imprensa para falar sobre as ações de segurança que estão sendo realizadas para coibir os atos de vandalismo que começaram ontem no Estado. Ao lado do secretário de segurança pública, Ronaldo Lundgren, o chefe do executivo afirmou que as forças policiais permanecem nas ruas para garantir a tranquilidade da população.

O governo está decidido a enfrentar qualquer ato violento que acontecer no Estado. Não vamos recuar na instalação dos bloqueadores celulares nos presídios e não há possibilidade de negociação com líderes de movimentos criminosos. Os policiais estão liberados a agir com autonomia e conforme a lei para prender todos os responsáveis por essas ações de vandalismo”, reafirmou Robinson. O governador ainda acrescentou que está informando a situação para o Ministério da Justiça, mas que ainda não será necessário pedir reforço policial. “Nossa equipe está motivada e controlando os atos criminosos”, completou.

De acordo com os dados do Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), instalado nesta sexta-feira (29) na Sesed, 25 pessoas foram detidas em flagrante e encaminhadas para as delegacias, portando recipientes de combustíveis, armas e veículos roubados. Trinta e quatro ocorrências foram registradas pela secretaria, sendo 29 relacionadas a incêndios e tentativas frustradas; quatro de disparos contra prédios públicos ou proximidades; e uma depredação. Foram confirmadas ações criminosas em dez cidades do estado: Natal, Parnamirim, Macaíba, São José de Mipibu, Caicó, Currais Novos, Caiçara do Norte, Santa Cruz, Mossoró e Jardim de Piranhas.

O secretário da Segurança Pública, Ronaldo Lundgren, disse que a Polícia está trabalhando de forma integrada com o setor de inteligência e com a Secretaria de Justiça e Cidadania, visando reprimir novas tentantivas de ações criminosas. Ele também pediu a colaboração da população para denunciar atos suspeitos e não compartilhar informações que ainda não foram confirmadas pelo governo. “Nosso objetivo é garantir a segurança do cidadão. Os números 190 da Polícia Militar e o 181 estão disponíveis para atender denúncias. É importante que a população confie nas forças policiais e siga com sua rotina diária”, explicou Lundgren.
Assecom-RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio