MATEMÁTICA: 5,2 milhões de precatórios que Apodi pagou dava para substituir 200 casas de taipas a R$ 25 mil cada

A habitação corresponde a um dos maiores problemas sociais existentes. Os gestores (federal, estadual, municipal), precisão angariar recursos no intuito de amenizar o déficit habitacional comum em todo Brasil.

Vendo blog coirmãos como o ApoDiario, o blogueiro Jânio chamou atenção para um dos maiores problemas habitacionais do município do Apodi, as casas de pau-a-pique (casas de tapias). Esse problema habitacional persiste em nosso município. Para combatê-lo, os recursos torna-se a grande pedra no sapato.

No momento em que o Brasil enfrenta a maior crise econômica/política de sua história, conseguir recurso é uma aventura para qualquer município. Voltando a questão dos precatórios. O contribuinte apodiense já pagou até agora, 5,2 milhões de precatórios. Os gestores atuais, a partir do próximo mês, passarão a pagar mais de R$ 130 mil por mês. Que herança deixada aos contribuinte por gestões passadas?

Gestão atual já pagou R$ 5,2 milhões de precatórios, esse valor daria para erradicar as casas de taipas do município. Como esse dinheiro faz falta quando passamos a fazer contas com ele.

Vamos a um pouquinho de matemática com esses números:
Se levarmos em consideração que a maioria das casas de taipas está na zona rural, supões que já existe o terreno, as casas seriam construída no mesmo local. Sendo assim os recursos pagos de precatórios dariam para construir 200 casas no valor de R$ 25 mil cada. Assim, os R$ 5,2 milhões de precatórios já teria dado para erradicar as casas de taipas em Apodi. 

Acho que não temos mais do que 200 casas de taipas espalhados pela zona rural do Apodi. Portanto, se não fosse os precatórios, essa gestão ai poderia ter investido esses recursos na erradicação das casas de taipas, investindo em casas populares. 

Comentários

  1. Precatórios estão sendo gerados com essa gestão desastrosa,de um ditador que acha que pode tudo,inclusive descumprir um piso salarial de professores. Aguardemos! E tente verificar daqui ha 10 ou 15 anos,senhor blogueiro.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!