Governo Temer e o pagamento aos políticos potiguares que foram a favor do Impeachment

Reprodução.
Quem está dando um bom troco ao Estado do RN é o governo Michel Temer. Bem sabemos que os deputados e Senadores do estado que apoiam o impeachment e votaram em peso com Temer.

Como é do conhecimento de todos, a Petrobras não está nem ai para o estado do Rio G. do Norte. Fiquei impressionado com visita recente do governador do estado a Brasil, o representante maior do nosso estado se comportando como um mendigo por Brasília. Hoje estamos entre um dos estados que mais desemprega no Brasil. a Petrobras, ao que tudo indica, vai engrossar essas fileiras.

A Petrobras está fechando um grande número de postos de trabalhos pelo estado, uma das empresas que mais fornece empregos e dividendo para o estado está nos virando as costas. É o petróleo cada menos nosso. Temer, que deveria mostrar sua gratidão aos votos dos políticos potiguares está ignorando o problema.

O PT confiou a metade do seu reino ao PMDB. Se lascou todo. Perdeu o poder. Os parlamentares do estado se confiram em acordos. Olhe para onde estamos indo. Sem Hub da LATAM, a Petrobrás fechando postos de empregos por aqui. O futuro do nosso estado tende a piorar. Confie em acordo com o PMDB quem quiser. O final todo mundo sabe como será. 

Comentários

  1. Professor voce sabe que é infelizmente sempre foi assim o comportamento dos governos, na [epoca do lula e dilma e tinha votaçoes de algum projeto de interesse do governo federal era sempre liberados as emendas é só ver na votaçao na camara federal e senado nas votaçoes do impeachment, porque só agora voce ver isso , engraçado é que só depois que temer assumiu o governo muitos perceberam que no brasil tem corrupçao esquece que nos governos de lula e dilma tivemos o mensalao, petrolao e outros escandalos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!