Em nosso território o que se esconde por trás da bendita governabilidade de um governo?

Reprodução.
Governabilidade diz respeito às condições de legalidade de um determinado governo para atentar às transformações necessárias. É a capacidade de identificar necessidades e anseios sociais e transformá-los em políticas públicas que produzam resultados na sociedade, dando respostas efetivas aos problemas que pretende enfrentar. Esse é o conceito de governabilidade sem maldade.

No Brasil, no entanto, esse conceito tem outro sentido. Ela tem um preço. Qual o preço da governabilidade no Brasil? Eis o grande problema em nossa nação. Em outra nação, de homens honestos, a governabilidade passa pelo sentido legitimo da palavra. No Brasil não. A governabilidade passa, salvo as exceções, obviamente, pelo conceito de quanto o governo – federal, municipal, estadual – dará, em geral aos parlamentares, para que os projetos sejam votados e a provados.

A governabilidade no Brasil, salvo as exceções, passa pelo conceito de quanto governo – federal, municipal, estadual – deverá desviar em recursos públicos para permanecer no seu cargo, mesmo que ele (a) esteja fazendo tudo certo como manda a lei, mesmo que esse governo tenha sido eleito pelo povo com a grande quantidade de votos.

Uma gestão pode ter deixado um monte de coisa erradas: programas por cumprir, desviou em obras, prestações certas só no papel. Mas, geralmente, se calçou o bolso de alguns parlamentares (lembrem-se das exceções), todas as suas contas serão aprovadas. Foi um governo sem máculas. 

Por tanto, quanto se ver um governo – federal, municipal, estadual – com tranquilidade para governar, fazer e acontecer, não podemos deixar de colocar aquele grande ponto de interrogação nessa sua governabilidade. Afinal, alguns precisam faturar alto para gastar na campanha.

Infelizmente, esse é o script resumido do conceito de governabilidade em nossa país. Por demais pregresso. Triste. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água