E sobre essas diárias gordas?

Dando uma olhada no portal da transparência do Apodi [CLIQUE AQUI], estava aqui olhando o valor de algumas diárias. – Ah!!!, finalmente Apodi tem um portal da transparência. Agora podemos ver quanto os gestores gastam em diárias por exemplo. Imaginem em outros tempos quando não o tínhamos. Quanto se gostavam em diárias?

Na administração pública, cada parlamentar, prefeito, secretário, técnico, adjunto, agentes e etc., tem direitos, por lei a diárias ou inclusive salários para resolver problemas do seu município, do seu estado, do seu país. Passagens, hospedagens e tudo mais.

No caso das diárias: Algumas diárias paga pelos cofres públicos são extremamente onerosas, outros são baratas (pois dependem da localidade para onde se vai). Outras porém, parecem caras mas tornam-se uma pechincha para os cofres públicos. Vamos explicar melhor nossa linha de raciocínio com um exemplo bem prático.

Bem sabemos, que devido ao trabalho árduo e muito bem planejado do pessoal da secretaria de assistência social com seus projetos, o município do Apodi foi contemplado com recursos do banco SANTNNDER.

Assim, a secretaria Aloma e parte de seu corpo gestor, tiveram que se ausentar do município do Apodi por diversas vezes para longe, longe, muitas léguas de nossas terras. Tiveram que ir a São Paulo, Brasília, inclusive para a longínqua Argentina, represando o município do Apodi. Uma diária para São Paulo, Brasília, inclusive para a longínqua Argentina não custa R$ 50 tá. Se não, tem gente que vai passar muita fome pelos dias que passar por lá com uma diária a R$ 50,00 na Argentina, por exemplo.  

Quando o caro se torna uma pechincha:
Retorno: O município do Apodi foi contemplado com quase R$ 2 milhões de reais com os recursos do SANTANDER, em virtude dos fundos que o SANTANDER colheu com projetos da assistência social do Apodi. Um tipo de parceria dessas, com uma entidade privada, obriga a pessoas que estão a frente a muitas idas e vindas. As idas e vindas de Aloma e sua equipe renderam muito para o Apodi.

Ai é um exemplo clássico de diários ou recursos investidos pelos cofres púbicos que se tornam barato. Trocar diárias, que somadas ao longo de várias viagens pelo Brasil e exterior, dão em média, 7 mil reais, 10 mil ou que sabe até 17 mil para conseguir R$ 2 milhões para o município. São diárias que acabam se tornando uma pechincha. De graça. Esses são exemplos de diárias que, como contribuinte, pago com maior prazer.

Algumas pessoas de visão limitada não conseguem ver as coisas por esse anglo. Não é culpa deles. Nunca antes tivemos esse tipo de trabalho em Apodi. Viajar para outros estados e países para trazer recursos para o município. 

A propósito, com relação a valores de diárias, por baixo, para outro estado/ país o valor da diária para Secretários é de 300,00, De técnicos 150,00 e por ai vai. Mas sendo para trazer recursos para o Apodi como os R$ 2 milhões do banco SANTADER, tornam-se irrisórias. 

Quando o aparentemente barato se torna amargo e sem retorno:
Agora avaliem a situação de apodienses ligados a certos grupos políticos que moram aqui e, teoricamente protegido pela lei de direito, ganham gordas quantias da Assembleia onde raramente se vai lá e o pior, sem o menor retorno financeiro para o município. Só para os seu partidos. São esses  cargos de agentes políticos da vida.

Esse é um clássico exemplo de brutal caso desperdício do dinheiro público. Sem qualquer retorno ao estado e ao município. Ai, o aparentemente barato sai pelos olhos da cara. Pagar uma diária ou salário como nesses casos, me doe a alma. Por sair caro, salgado, indigesto. Sem retorno social.

Comentários

  1. Realmente um retorno muito grandioso.

    ResponderExcluir
  2. Retorno que só não enxerga quem não quer.

    ResponderExcluir
  3. Caro blogueiro investir na educação também é um investimento grandioso. Não concorda? Você também deixou de ser professor?

    ResponderExcluir
  4. É incrível como o bacurau e o anti-Flaviano não aceitam de forma alguma uma explicação obvia dessas caro blogueiro.

    Eles querem igualar todo mundo por baixo. Mas não tem jeito. Tivemos a gestão com um grande zelo pelo dinheiro público em Apodi. Aceitem uns ou não.

    E tem celerados lhes esculhambando nos grupos do zapp viu professor. Se fosse vc eu ELES NA JUSTIÇA. Degradação moral. Em alguns casos vi até degradação moral contra sua pessoa.

    Me dê o seu zapp que lhe envio os print. Processe-os professor.

    ResponderExcluir
  5. Seria um bom retorno se tivéssemos pelo menos 1 projeto em Brasília.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água