DANOU-SE: A procuradoria da república pede condenação de Henrique a devolver R$ 3,2 milhões

Foto: Reprodução. Imagem meramente ilustrativa.
A Procuradoria-Geral da República já pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja condenado a ressarcir os cofres públicos em R$ 298,8 milhões por seu suposto envolvimento no esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. O valor representa a soma do ressarcimento requerido pela Procuradoria nas três denúncias oferecidas contra o deputado ao Supremo.

A PGR pede ainda a condenação de Funaro, com ressarcimento de R$ 10,4 milhões, de seu ex-assessor Alexandre Margotto (outros R$ 10,4 milhões) e do ex-ministro Henrique Eduardo Alves, com R$ 3,2 milhões.

Alves era líder do PMDB e foi o responsável por indicar o nome de Cleto ao cargo. A Procuradoria não fechou quanto teria sido exatamente a vantagem indevida de Cunha nos desvios envolvendo o banco estatal.

Advogados do ex-ministro do Turismo dizem que ele nunca recebeu vantagens indevidas.

Comentários

  1. Impressionante esse Henrique. Não tem um dia que ele não esteja estampado na mídia nacional com seus problemas.

    ResponderExcluir
  2. Tem que devolver esse dinheiro pertence a nação

    ResponderExcluir
  3. Duvido que devolva um real, estamos no Brasil

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

Zelo pelo recurso público né? Sei!