CIÊNCIAS E A SAÚDE: Não há nenhum vegetal que cure tantos males ao mesmo tempo

Reprodução.
Próstata, Nódulos nos seios, depressão, dores de cabeça, cicatrização pós operatório, dores na coluna, prisão de ventre, etc., etc.. etc., ...

Essas são apenas algumas das dezenas de doenças cuja a cura é possível através da Vitex gardneriana, nome cientifico da jaramataia, planta caracterizada como mata ciliar que geralmente cresce nos leitos dos rios do nordeste brasileiro. Uma única planta, não tem todos esses poderes de curar tantas enfermidades. Planta milagrosa. Ela não existe nas proporções acima relatadas.

Estou recém formado em Biologia pela UFRN (Universidade Federal do RN). Durante meu curso, que começou em 2012 e terminou no último mês de Maio 2016, aprendi muito sobres os vegetais e suas características.

Assim como os animais, muitas funções metabólicas dos vegetais são controladas por hormônios que eles mesmo, os vegetais, produzem com objetivos variados: Nutrição, crescimento, reprodução, defesa e ataque contra predadores, dentre outros. São os hormônios também os responsáveis pelos efeitos terapêuticos que certos vegetais possuem.

É bem verdade que parte dos medicamentos são fabricados a base de vegetais e seus efeitos terapêuticos. E verdade também que certos vegetais tem poder terapêutico sobre um ou outro mal. Mas, curar tantas doenças e muitas delas complexas? Não mesmo. Não existe planta com tamanho poder. Desafio alguém fazer uma pesquisa séria, em um laboratório, mas tem que ser um laboratório sério, que se chegará a essa conclusão que lhes afirmo aqui.

Além do que, para comprovar a cura de tantos males (Próstata, Nódulos nos seios, depressão, dores de cabeça, cicatrização pós operatório, dores na coluna, prisão de ventre, etc., etc., etc.), bote-se anos de pesquisa para provar seus efeitos terapêuticos.

Felizmente a ciência não é uma coisa sensacionalistas que está a serviço de promover pessoas. Acho, inclusive, uma tremenda irresponsabilidade, um canal que pertence a grupos sem caráter, sair por ai fazendo matérias para botar pessoas na mídia.

Ainda bem que quando se toma um chá de qualquer vegetal que não seja toxico, o líquido e seus produtos são facilmente eliminado pelo sistema excretor, não permanecendo resíduos danosos no nosso organismo.

Em um vegetal cujas propriedade não possuem efeitos colaterais logo, tudo sai pela urina. Poder para curar um ou outro mal, até que pode ser. Mas, um punhado de doenças não. Não há plantas cujos seus hormônios tenha tantas funções.

É aquela coisa, a sorte, em certos casos, é que se o consumo não faz bem, também não faz mal. Caso contrário, efeitos colaterais poderiam acontecer. Bom papo, charlatanismo, enganação, aproveitamento da boa-fé de pessoas, carentes e humildes. Infelizmente isso é comum.

Como a Vitex gardneriana não é uma planta com toxidade comprovada e, devendo ter algum efeito terapêutico para amenizar um ou outro tipo de enfermidade e só, recomendo por favor, que se seu médico passou algum medicamento para tratar algum tipo de doença, não se deixe enganar e continue tomando seu medicamento. Cuide-se e até o próximo ciências e a saúde.
Antonio Fernandes
Geografo (UERN) – Biólogo (UFRN)
Pós-graduado em Geografia do semiárido (IFRN/UAB)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

SURPRESA: Grande festa das crianças terá início logo mais as 17 h

O funcionamento da maternidade ou festa para as crianças?

MENSAGEM: Apodienses vencedores

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo