As operações da lava jato e suas aparentes unilateralidades

Reprodução
Mais uma operação de arromba foi feita hoje, 04, por nossa glorioso PF. Tratou-se da 31ª fase da operação lava jato, denominada “abismo”, salvo engano.

Alvo da 31ª fase da Lava Jato, o Consórcio Novo Cenpes pagou R$ 39 milhões em propina para conseguir um contrato na Petrobras entre 2007 e 2012, afirmou o procurador da República Julio Carlos Motta Noronha, em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (4), em Curitiba.

As empresas envolvidas no esquema construíram o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), no Rio de Janeiro. O consórcio foi formado pela OAS, Carioca Engenharia, Construbase Engenharia, Shahin Engenharia e Construcap CCPS Engenharia. Parte do dinheiro desviado foi para pessoas ligadas ao PT.

Mais uma fase da lava jato que foi muito importante minha gente. Que bom. Como fico fiz com os desdobramentos. Nos dar a inteira certeza que, todos aqueles que são do PT e, que são culpados, terão punição certa exemplar. Tem-se até a impressão que o PT está muito perto de seu extermínio. Falta só prender Lula para acontecer o que pode-se chamar comer a cereja do bolo.

Agora, muito me preocupa a aparente unilateralidade dessas operações. Parece até marcação minha mas não é. Mostro argumentos e fatos. Veja o caso do PMDB. As delações de Sergio Machado foram avassaladoras contra a mais alta cúpula desse partido.

Eu já me perdi nas encrencas em que Cunha esta metido. Foram tantos delatores que já citaram seu nome que, confesso, já perdi completamente o fio da meado com relação a Cunha e seus companheiros de partido. Isso é fato. Está gravado, nos jornais, na imprensa e, creio eu, na própria PF como no nosso glorioso SFT.

Então. Cadê operações sobre as delações feitas contra o partido mais poderoso do Brasil? Vai haver alguma algum dia? As deleções de Machado vai ficar o dito pelo não dito? E os inúmeros inquéritos que pesam sobre sua majestade Renan Calheiros, qual destino tomará? Terá nossa gloriosa PF alguma dia o topete de fazer operações contra o partido mais poderoso da nação? Fico feliz com os desdobramento da lava jato. Ao mesmo tempo, me preocupo com sua aparente unilateralidade.

Já disse, digo de novo e repito tantas quantas vezes se fizerem necessário: combater a corrupção só em um partido ou setores não vai resolver. Queremos combater a corrupção de verdade? Por que não fazer operações contra todos, prender todos e tudo que tiver envolvidos? Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Podem estar certos que, se todos, mas todos mesmo envolvidos sem exceção de partidos e políticos não forem punidos, nada disso tudo terá valido apena. 

Comentários

  1. Belíssimo texto! As delações de Sergio Machado foram avassaladoras e pouco se fez sobre e pior, uma parte da mídia ainda tenta desconstruir o cara para desqualificar oq foi dito, fora leis para acabar com as prisões em segunda instância, punir os investigadores e desmoralizar as delações! Cadê as panelas? Cadê as camisas da CBF??

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água