Apenados do CDP/Apodi são cidadãos de verdade

Clique para ampliar
Saber que, pessoas que se dizem cidadãs e da sociedade apodiense, contribuíram de forma decisiva para que a primeira tentativa de construir o centro cirúrgico fosse frustrada... Será que são de fato cidadãos? Fica para se refletir.

Mas cidadãos de verdade são os apenados do CDP que emprestaram sua mão de obra para a construção do centro cirúrgico. Quanto, com a mão de obra deles a maternidade do Apodi economizou? R$ 20 mil, 30 mil, 40 mil? Quanto se economizou?

Aqueles que contribuíram para atrapalhar e se queixam na sociedade de serem cidadãos, pelo menos se apresentam bem para todos, não sei se são de fato cidadãos. Afinal, foram fundamentais na frustração de uma primeira tentativa de um sonho. Mas esses ai da foto ao lado sim. Os apenados do CDP/Apodi, são cidadãos de verdade. Eles foram fundamentais na construção do sonho. 

Ei, depois que eles tiverem livre da prisão, pensem numa mão de obra qualificada para construir casas. O centro cirúrgico ficou muito bem estruturado com a mão de obra desses senhores. Merecem demais uma segunda oportunidade.

Obrigado senhores por sua enorme ajuda. Deus os abençoe, que Ele abra portas para vocês e que os senhores saibam aproveitar.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI