"Acordo que levou à renúncia de Cunha teve aval de Temer e PMDB", afirma Jornal

Reprodução
Segundo uma matéria do jornal O Globo de hoje, 08, o acordo que possibilitou a renúncia do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara consistiu na promessa de lhe dar uma sobrevida com a devolução de seu processo ao Conselho de Ética. Em uma articulação que contou com o aval do presidente interino, Michel Temer, e da qual participaram o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Osmar Serraglio (PMDB-PR), além de outros parlamentares do PMDB e de partidos da base, ficou decidido que, em troca da renúncia, o processo de cassação do mandato seria devolvido, de ofício, ao conselho.

Segundo o Jornal, o acordo foi fechado na noite de quarta-feira. Logo após anunciar sua renúncia, no início da tarde de quinta-feira, Cunha se dirigiu à CCJ, onde protocolou um aditamento pedindo que seu processo seja devolvido ao Conselho de Ética, com o argumento de que seu julgamento no colegiado ocorreu levando em conta que ele presidia a Câmara, situação que agora mudou. O ofício será encaminhado ao relator do processo de Cunha na CCJ, deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF), que, de acordo com a negociação, daria parecer favorável ao pedido. Em seguida, Serraglio daria despacho favorável à devolução do processo.

Após receber o ofício de Cunha, Serraglio cancelou a sessão da CCJ da próxima segunda-feira. Com isto, as chances de votação do processo de cassação de Cunha antes do recesso parlamentar se tornaram praticamente nulas (CLIQUE AQUI e leia a matéria de O Globo na integra).

Minha gente, é constrangedor o que estar acontecendo no Brasil e como o PMDB age. Um cara como Cunha. O prejuízos que esse senhor já causou a nação. Continua casando, batizando, fazendo, desfazendo, mandando desmando.

O que de provas falta mais ao STF para mandar prender Cunha por desrespeitar as ordens por afastamento? Está escancarado. Só os juízos de supremo que não veem isso? Eu me sinto trato como um débil mental pelas autoridades desse país, sabe. Esses caras fazendo misérias nas barbas de todo mundo e ninguém toma providencias para barrar isso?

Os movimentos que encheram as ruas para o impeachment de Dilma desapareceram do mapa, a mídia se calou totalmente, requintes de unilateralidade dessa lava jato. Não há qualquer ação contra o PMDB.

Uma das coisas que mais me deixam indignados com relação ao PMDB é as desculpas esfarrapadas que dar diante das evidencias. Nos grampos de Machado, Renan absurdamente vai a imprensa falar que o que estava dizendo era apenas opinião nos áudios de Machado. O presidente Temer negou “terminantemente” qualquer interferência na articulação pela renúncia de Cunha. só que na terça-feira, O GLOBO mostrou que Temer aconselhou Cunha a renunciar ao cargo. Como então Temer não interferiu? 

As desculpas esfarrapadas do PMDB e seus líderes ofendem a inteligência de uma criança de cinco anos. Me sinto tratado como um débil mental. Não tem condições. Os caras tudo armando para salvar uma aberração como Cunha. Preciso me desligar e ir para uma ilha deserta para parar de ouvir essas notícias. Gente, o PMDB e sua forma de lidar na política do Brasil é uma aberração, agente. Que absurdo.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

TEMPO: Moradores registram formação de tempestade Supercélula no Paraná

PL de autoria do Vereador Charton Rêgo é aprovado e Comunidade Surda festeja!