VERDADEIRO MOTIVO: Henrique Alves antecipou demissão após ser identificada conta na Suíça

Reprodução
Por Cristiana Lôbo

O pedido de demissão de Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) do comando do Ministério do Turismo foi motivado pela chegada ao Palácio do Planalto da informação de que autoridades policiais identificaram contas secretas do peemedebista no exterior.

As supostas contas do ex-ministro no exterior foram rastreadas pelo grupo de trabalho da Lava Jato que atua na Procuradoria Geral da República (PGR) e por investigadores suíços. O grupo de trabalho é formado por procuradores da República e promotores do Ministério Público do Distrito Federal que auxiliam o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nos casos envolvendo políticos com foro privilegiado suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção que atuava na Petrobras.

Terceira baixa do governo Michel Temer em pouco mais de um mês, Henrique Alves pediu demissão nesta quinta-feira (16). Alvo de dois pedidos de abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal, o ex-ministro do Turismo foi citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. O novo delator da Lava Jato relatou ter repassado a Henrique Alves R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014.
Nota do Blog
E eu que pensei que ele havia pedido demissão por causa da delação de Machado ou Léo Pinheiro ou então Ordebrecht. Coisas assim. 

Comentários

  1. o lucifé e a besta ferra te persiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ACHO QUE NÃO AMIGO. O PROFESSOR AI É LAVADO PELO SANGUE DE CRISTO E ESSAS COISAS FOGEM DELE.

      Excluir
  2. Lúcifer e a besta fera, estão mais ocupados descobrindo as falcatruas dos PMDEBISTAS e faze-los pagar essa conta no inferno. Já o Sr do blog JESUS já pagou por ele.

    ResponderExcluir
  3. Perseguiram foi esse Henrique! E saber q em quase toda vida votei nesse falso, gente Henrique é um perseguidor, e agora pra vocês alff.

    ResponderExcluir
  4. Essa foto queima o filme de qualquer pré-candidato.

    Henrique ofuscou Lauro Maia e José Agripino na história política de maracutaia do nosso RN

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

Gestão bate meta e cumpre 26% das promessas de campanha em menos de um ano em Apodi

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região