Pular para o conteúdo principal

UFRN inaugura primeira planta piloto de energia fotovoltaica

Fotos: Cícero Oliveira
Por Marina Gadelha

A primeira planta piloto de energia fotovoltaica desenvolvida pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi inaugurada na tarde da última segunda-feira, 6, no Núcleo de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação (NPITI) do Campus Central. A solenidade marcou a entrada em operação do sistema voltado ao desenvolvimento de conhecimentos acerca da geração fotovoltaica – transformação de radiação solar em energia elétrica por meio das células fotovoltaicas.

Posso garantir que, a partir de hoje, outros alunos poderão ter a mesma oportunidade de aprendizado que eu experimentei ao longo dos três anos de execução do projeto”, comemora o recém-doutor Thiago de Oliveira Alves Rocha, formado pela UFRN no âmbito do desenvolvimento da planta piloto.

O ex-aluno explica que o diferencial do trabalho está na sua concepção, planejamento e execução: exceto os módulos fotovoltaicos, todos os componentes, sistemas e softwares foram integralmente criados pela equipe de técnicos, mestrandos e doutorandos do Laboratório de Eletrônica de Potência e Energias Renováveis (LEPER).

Essa estrutura concebida em forma de laboratório, portanto, permite a complementação da formação de engenheiros eletricistas e serve de objeto para dissertações de mestrado e teses de doutorado. O grupo de pesquisa do LEPER espera atender, por semestre, cerca de 30 alunos de graduação e 10 de pós-graduação.

Parcerias
A planta de 10 kWp (kilowatt-pico) é fruto do projeto “Estudo da Geração Fotovoltaica Centralizada e seu Impacto no Sistema Elétrico”, realizado por meio de parceria entre Petrobras, CTGAS-ER e UFRN. Esta última ficou com a coordenação geral e a implantação da planta piloto para desenvolvimento das atividades de ensino e pesquisa.

A reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, ressalta a importância de cooperações como essa para o aperfeiçoamento das matrizes de energias renováveis. Atualmente, apenas 0,02% da potência energética elétrica brasileira é proveniente da geração fotovoltaica, enquanto mais de 60% são advindos das usinas hidrelétricas.

Estamos abertos a parcerias com outros órgãos e instituições de ensino superior, para que o Rio Grande do Norte tenha desenvolvimento mais firme e avançado nos próximos anos para este e outros projetos que contribuem não apenas para o desenvolvimento tecnológico, mas também com a qualidade de vida por meio da sustentabilidade ambiental”, afirma a reitora.

O potencial de produção potiguar foi destacado por Carla Wilza Souza de Paula Maitelli, vice-diretora do Centro de Tecnologia da UFRN. Segundo a professora, o Estado é celeiro para energias renováveis, cuja implantação exige planejamento, investimento e pesquisas.

Ainda participaram da inauguração da planta fotovoltaica o coordenador do LEPER, professor Ricardo Lúcio de Araújo Ribeiro, e o gerente geral de Pesquisa e Desenvolvimento em Abastecimento e Biocombustíveis do CENPES/Petrobras, Oscar Rene Chamberlain Pravia, além de representantes de outros órgãos, docentes, alunos e servidores da UFRN.
ASCOM – Reitoria/UFRN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio